Meu Imposto de Renda

Aplicativo da Receita Federal do Brasil destinado aos declarantes do Imposto de Renda Pessoa Física - IRPF.

Nesta versão do APP Meu Imposto de Renda, estão disponíveis os seguintes serviços:
- Meu Imposto de Renda (para fazer a declaração);
- Acompanhar Declaração (para consultar e ser notificado sobre mudanças no processamento da declaração);
- Perguntão (para pesquisar centenas de perguntas respondidas sobre o IRPF);
- Orientações (para obter informações gerais sobre o Meu Imposto de Renda e seus termos condições de uso);
- Avaliação (uma forma de nos ajudar a melhorar os serviços disponibilizados)

Como começar:
1. Para utilizar o serviço Meu Imposto de Renda, será exigido o CPF, a data de nascimento e, em seguida, a informação, na própria tela, de um código de segurança, que é exibido logo acima das teclas para seleção;
2. Se as informações acima estiverem corretas, será mostrada uma lista com os últimos cinco anos e a situação de cada declaração;
3. Dentro de cada ano, existem diferentes opções que se modificam conforme a situação da declaração;
4. Depois de entregar a declaração, use as opções de impressão para gerar e salvar os PDFs do recibo de entrega, declaração e, conforme o caso, do DARF para pagamento da primeira quota ou quota única do imposto;
5. Os arquivos da declaração e recibo (DEC e REC) podem ser salvos ou compartilhados, para serem guardados em algum serviço de nuvem de sua preferência, ficando assim protegidos, por exemplo, no caso de perda ou danificação do aparelho.

Após a entrega:
O serviço Acompanhar declaração permite consultar não só os débitos da declaração IRPF como a situação da restituição e eventuais pendências de malha. O usuário poderá assinalar o interesse em receber alertas (notificação push) sempre que a situação de sua declaração for alterada.

Passos para o ACOMPANHAR DECLARAÇÃO:
a) Instale o APP Meu Imposto de Renda
b) Acesse, de um computador, a página da Receita Federal na internet - www.rfb.gov.br
c) Procure pelo serviço e-CAC - Centro Virtual de Atendimento:
- se possuir certificado digital, basta selecionar o certificado e informar a respectiva senha ;
- se não possui certificado digital, deverá criar um código de acesso;
d) Dentro do e-CAC, entre em "Declarações e Demonstrativos" e procure pelo CADASTRO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS.
e) Poderão ser cadastrados diversos dispositivos móveis. Para cada um deles deverá ser informado um nome, uma palavra-chave e uma data de expiração dessa autorização.
f) Retorne no APP Meu Imposto de Renda e entre no serviço ACOMPANHAR DECLARAÇÃO para ATIVAR o aparelho.
g) Informe o CPF.
h) Se o CPF possuir algum aparelho cadastrado (no eCAC) será solicitado o nome e a palavra-chave para ativação do serviço no aparelho.
i) Uma vez ativado, o aparelho poderá acessar as informações daquele CPF.
j) O cancelamento de autorização de acesso de um dispositivo, ou a alteração da palavra-chave, deverá ser efetuada no eCAC (no mesmo local do cadastramento do dispositivo).
k) Para registrar o interesse em acompanhar as declarações e receber alertas (notificação push) deverá ser marcada a estrela, ao lado do CPF. São enviados os seguintes alertas:
- declaração recepcionada (declaração foi transmitida);
- declaração com pendência (deverá ser consultado o Extrato do IRPF);
- declaração processada sem pendência;
- declaração em fila de espera (aguardando pagamento de restituição);
- restituição enviada para pagamento no banco;
- cota mensal do IRPF enviada ao banco para débito automático.
l) Um dispositivo pode acessar informações de diversos CPF, desde que possua autorização de cada CPF.
m) Um CPF pode ter suas informações acessadas e acompanhadas por diversos dispositivos (tablets e smartphones), desde que autorize diversos dispositivos.
n) Informações que podem ser consultadas: Situação das declarações entregues desde 2009, data da entrega, resultado da restituição, pendências de malha, débitos referentes ao IRPF (cotas, multas...) e emissão do DARF para pagamento.
Ler mais
3,2
Total: 7.322
5
4
3
2
1
Carregando...

O que há de novo

Deixamos mais clara a opção pelo débito automático a partir da segunda quota. A primeira quota terá que ser paga com os dados do DARF.
Resolvemos o bug da quota única com débito automático.
Inibimos a funcionalidade de emissão de DARF quando o mesmo for inferior a R$10,00.
Qualquer problema, por favor entre em contato com mobilidade.df@fazenda.gov.br.
Ler mais

Outras informações

Atualizada
25 de abril de 2018
Tamanho
8,9M
Instalações
1.000.000+
Versão atual
4.0.8
Requer Android
4.1 ou superior
Classificação do conteúdo
Permissões
Oferecido por
Receita Federal do Brasil
©2018 GoogleTermos de Serviço do sitePrivacidadeDesenvolvedoresArtistasSobre o Google|Local: Estados UnidosIdioma: Português (Brasil)
Ao comprar este item, você faz uma transação com o Google Payments e concorda com os Termos de Serviço e o Aviso de privacidade do Google Payments.