Plantas Invasoras

Translate the description into English (United States) using Google Translate?Translate the description back to Portuguese (Portugal)

Esta aplicação permite mapear as plantas invasoras em Portugal. Estas espécies são uma ameaça à biodiversidade, e o primeiro passo para geri-las é saber onde estão. Ajude-nos a fazer o mapa destas plantas em Portugal, submetendo dados de localização, fotos e informação sobre as plantas invasoras que avista.

Porquê uma aplicação para mapear plantas invasoras?

As plantas invasoras estão dispersas por todo o território e a sua distribuição altera-se rapidamente, pelo que ter um mapa atualizado da sua distribuição não é tarefa fácil.

A sua colaboração é valiosa: a informação recolhida será fundamental como ferramenta de gestão e como base para estudos científicos. Para além de poder submeter avistamentos de plantas invasoras, também pode aprender mais sobre elas, com a ajuda de um pequeno guia descritivo.

Mas o que são plantas invasoras?

Plantas invasoras são plantas não-nativas que, depois de introduzidas pelo Homem, conseguem reproduzir-se e dispersar pelos próprios meios, e aumentar muito a sua distribuição no território. São uma ameaça para a biodiversidade e para os ecossistemas nativos, e representam prejuízos significativos a nível económico. Só na Europa, estima-se que os prejuízos relacionados com as espécies invasoras sejam muito acima de 10 biliões de euros por ano.

Um grupo de investigadores do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra (CFE/UC) e da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Coimbra (ESAC/IPC) desenvolve, há mais de uma década, investigação com plantas invasoras e, paralelamente, investe na divulgação do tema junto da sociedade. No âmbito do projeto “Plantas Invasoras: uma ameaça vinda de fora”, dinamizam uma plataforma de ciência-cidadã no site http://invasoras.pt , que pretende estimular os cidadãos a colaborar no preenchimento deste mapa.

Como funciona a aplicação?

Cada utilizador pode submeter registos da localização das plantas invasoras que encontra. Primeiro, é necessário criar uma conta de utilizador em http://invasoras.pt/mapa-de-avistamentos/ Depois de registado, pode entrar na aplicação e mantê-la ligada sem necessidade de fazer login de cada vez que a utiliza.

A aplicação apresenta uma lista de 64 plantas invasoras, ordenadas pelo nome científico. Comece por selecionar a espécie que está a observar, com ajuda das fotografias e descrições fornecidas. No canto superior direito da aplicação existe uma ferramenta de pesquisa que pode ajudar na identificação – basta clicar, selecionar a cor da flor, o porte da planta e o tipo de folha, e a lista de espécies será significativamente reduzida. Se persistirem dúvidas, pode consultar informação detalhada sobre as espécies em invasoras.pt

Depois de selecionada a espécie, está pronto para fazer um novo avistamento; basta seguir as instruções que surgem e preencher os dados requeridos. Sempre que possível, aconselhamos o uso de GPS para uma localização mais exata. O preenchimento é rápido e nem todos os campos são obrigatórios. Tem um campo para “notas” onde pode colocar informação adicional que considere útil. À medida que utilizar a aplicação aprenderá a reconhecer as espécies, e será mais fácil e rápido utilizá-la: se o GPS estiver a funcionar, em menos de 1 minuto fará um registo.

Os avistamentos submetidos podem ser visualizados no mapa disponível em http://invasoras.pt/mapa-de-avistamentos/ No entanto, os avistamentos só ficarão visíveis depois de validados. No site pode ainda consultar os seus avistamentos, editá-los, ou apagá-los antes de serem validados, e submeter novos avistamentos.

A aplicação foi desenvolvida pela Bundlr e os conteúdos por investigadores do CFE/UC e da ESAC/IPC. O projecto “Plantas Invasoras: uma ameaça vinda de fora (ref 16905)” é co-financiado pela UE/FEDER, através do QREN (Programa Factores de Competitividade — COMPETE) e por fundos nacionais através da Ciência Viva.
This application allows you to map weeds in Portugal. These species are a threat to biodiversity, and the first step to manage them is to know where they are. Help us make the map these plants in Portugal, submitting location data, photos and information on invasive plants sighting.

Why an application for mapping invasive plants?

Invasive plants are scattered throughout the territory and its distribution changes rapidly, so you have an updated map of your distribution is no easy task.

Your support is valuable: the information gathered will be essential as a management tool and a basis for scientific studies. Besides being able to undergo invasive plant sightings you can also learn more about them, with the help of a small descriptive guide.

But what are invasive plants?

Invasive plants are non-native plants that once introduced by humans, can reproduce and disperse by his own means, and increase their distribution in the territory. They are a threat to biodiversity and native ecosystems, and represent significant losses in economic terms. In Europe alone, it is estimated that losses related to invasive species are well over 10 billion euros per year.

A group of researchers from the Center for Functional Ecology at the University of Coimbra (CFE / UC) and the Agrarian School of the Polytechnic Institute of Coimbra (ESAC / IPC) develops, for more than a decade, research on invasive plants and, in parallel, invests the disclosure of the issue to society. Under the project "Invasive Plants: a threat from outside," a science-energize citizen platform in http://invasoras.pt site, which aims to encourage citizens to collaborate in filling this map.

How the application works?

Each user may submit records of the location of weeds lying. First, you must create a user account in http://invasoras.pt/mapa-de-avistamentos/ Once registered, you can enter the application and keep it turned on without the need to log in each time you use it.

The application displays a list of 64 invasive plants, sorted by scientific name. Start by selecting the species that is watching, with the help of photographs and descriptions provided. In the upper right corner of the application there is a search tool that can help identify - just click, select the color of the flower, the size of the plant and the type of paper, and the list of species will be significantly reduced. If doubts remain, you can consult detailed information on the species in invasoras.pt

After selecting the species, you are ready to make a new sighting; just follow the instructions that appear and fill in the required data. Whenever possible, we recommend the use of GPS for a more exact location. The filling is fast and not all fields are required. It has a field for "notes" which can put additional information it deems useful. As you use the application learn to recognize species, and will be easier and faster to use it: If the GPS is running in less than one minute will make a record.

Submitted sightings can be viewed on the map available in http://invasoras.pt/mapa-de-avistamentos/ However, sightings will only be visible after validated. On the site you can also see their sightings, edit them, or delete them before they are validated and submit new sightings.

The application was developed by Bundlr and content by researchers from the CFE / UC and ESAC / IPC. The "Invasive Plants: a threat from outside (ref 16905)" is co-financed by the EU / FEDER through the NSRF (Competitiveness Factors Program - COMPETE) and national funds by Live Science.
Read more
4.2
55 total
5
4
3
2
1
Loading...

Additional Information

Updated
October 21, 2013
Size
3.0M
Installs
5,000+
Current Version
1.2
Requires Android
2.3 and up
Content Rating
Everyone
Permissions
Offered By
Plantas Invasoras
©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.