Velhos são os outros

Editora Intrinseca
Free sample

 O novo livro da autora de Segredo de Justiça, que inspirou a série de sucesso no Fantástico

 

Depois de quase vinte anos à frente de uma Vara de Família, cuidando de casos de divórcios, pensão, guarda e convivência familiar, a juíza Andréa Pachá se viu diante de um novo desafio: assumir uma Vara de Sucessões, onde lidaria com julgamentos de inventários, testamentos e curatelas. É a partir das experiências dessas audiências que Pachá desenvolve seu novo livro Velhos são os outros.

Com talento singular para transformar as vivências no tribunal em ficção e uma capacidade impressionante de criar personagens muito vívidos e com desejos e motivações com os quais todos se identificam, Pachá narra acasos do tempo, da memória e das relações em família da perspectiva da Justiça mas sobretudo da perspectiva humana. Histórias delicadas, bem-humoradas e emocionantes sobre a longevidade pela qual tantos de nós anseiam — aquela que trará consigo as alegrias, dores, descobertas e perdas que só quem já caminhou bastante pode experimentar.
Read more

About the author

 Andréa Pachá é juíza, formada em Direito pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Antes de ingressar na magistratura, participou de um grupo de dramaturgia e trabalhou com cinema e teatro com nomes como Alcione Araújo, Amir Haddad, Aderbal Freire-Filho e Rubens Correa. Depois de quase vinte anos à frente de uma Vara de Família, Andréa atualmente atua na Vara de Sucessões. Foi membro do Conselho Nacional de Justiça, vice-presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros e coautora da Cartilha da Nova Lei de Adoção e Pela simplificação da linguagem jurídica. Pela sua atuação no CNJ, recebeu em 2010 o Diploma Bertha Lutz. Possui artigos publicados em jornais de circulação nacional e revistas especializadas. Além de Velhos são os outros, Andréa Pachá é autora de Segredo de Justiça e A vida não é justa.

Read more
Loading...

Additional Information

Publisher
Editora Intrinseca
Read more
Published on
Oct 30, 2018
Read more
Pages
208
Read more
ISBN
9788551004104
Read more
Language
Portuguese
Read more
Genres
Fiction / General
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Read Aloud
Available on Android devices
Read more

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Autora do livro que inspirou a série do Fantástico A tragédia e a comédia nossas de cada dia Quando pessoas das mais diferentes idades, orientações, condições sociais ou históricos de vida se encontram em um tribunal para resolver um conflito, mal podem imaginar o que seu drama representa no imenso universo de situações com as quais os juízes das Varas de Família lidam diariamente. Desde discordâncias sobre temas corriqueiros até pesados litígios, os magistrados precisam ouvir com sensibilidade e decidir com equilíbrio sobre questões que podem alterar radicalmente o curso da vida das partes envolvidas. Os relatos deste livro — que inspirou a série homônima exibida no Fantástico, da TV Globo —, cuidadosamente compilados nos vinte anos de experiência da juíza carioca Andréa Pachá, sintetizam a complexidade das relações humanas com maestria e emoção. São situações como a de um casal que decide se separar depois de dez anos vivendo em cidades diferentes; filhos que decidem ser a parte madura da separação dos pais; um marido que foge de casa por seis meses; uma mulher que prefere ficar sem pensão do que ouvir o apelido carinhoso do ex-marido mais uma vez; e muito mais. "Segredo de justiça, em estilo forte e amoroso, conversa com a sociedade sobre as perplexidades do ofício de Pachá. Conversar, no seu caso, é interpelar, mas também hospedar o outro." — Joel Rufino dos Santos, historiador, professor e coautor de História nova do Brasil "A sensibilidade de Andréa Pachá mostra que, de fato, a vida não é justa, mas que é possível fazer justiça quando não se tem medo de ousar diante da realidade da vida." Maria Berenice Dias, jurista e fundadora do Instituto Brasileiro de Direito de Família
©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.