Trajetória histórico-social da engenharia brasileira : a essencialidade dessa atividade profissional no progresso ordeiro da Terra Brasilis : Tomo I : dos primórdios coloniais ao quase-final do século XIX

Letra Capital Editora LTDA
Free sample

Os ensaios escritos por Edson Monteiro são verdadeiras viagens pelo tempo e pelos espaços de seus contextos. Didáticos. Escorreitos.

Edson atua como um guia capaz de historiar os episódios com leveza, sem lhes furtar o dinamismo inerente e a crítica argumentada, sem barreiras sofismáticas, com precisão e respeito à verdade.

Esta obra nos é trazida sob uma literatura que, embora assumindo a cronologia dos fatos, não o faz mediante um ritmo cansativo. Caminha-se pelos capítulos como se, de fato, estivéssemos desenrolando um filme sobre a engenharia. Ela, exposta no sentido do seu advento e crescimento no Brasil, está impregnada de responsabilidade social, sua natural essência.

Há no ensaio um destaque relevante — observado no texto que aborda a segunda metade do século XIX —, no qual Edson nos conta a associação da engenharia com os movimentos industrialistas no Brasil, fato que bem interessa ao país nos dias atuais desta publicação.

Lendo a obra, salienta-se uma expectativa quanto ao texto do anunciado Tomo II. E fica a vontade de que Edson possa abreviar o tempo de seu surgimento.

Sem dúvida, uma inestimável contribuição histórica e social produzida pelo autor, um incansável contador de histórias.


Pedro Paulo Duran
revisor

Read more
Collapse
Loading...

Additional Information

Publisher
Letra Capital Editora LTDA
Read more
Collapse
Published on
Sep 5, 2017
Read more
Collapse
Pages
210
Read more
Collapse
ISBN
9788577855292
Read more
Collapse
Read more
Collapse
Best For
Read more
Collapse
Language
Portuguese
Read more
Collapse
Genres
Technology & Engineering / General
Read more
Collapse
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Collapse

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Neste ensaio de estilo informal, com um texto bastante acessível e atraente, onde é notável a precisão de um mestre muito hábil na arte da escrita, o professor e ensaísta Edson Monteiro transmite magistralmente ao leitor uma descrição sui generis do apóstolo Paulo, bem diferente das que estamos acostumados a ler e ouvir nos púlpitos de nossas comunidades eclesiais.

Muitos de nós apenas conhecemos o apóstolo por sua forte personalidade, marcada por posições radicais de enfrentamento à religiosidade sectária judaica, moralismo exacerbado, antifeminismo e assim por diante.

Os que veem Paulo com esses olhos secundarizam o impacto provocado em sua vida por ocasião de sua drástica conversão a Jesus - a completa transformação de seu caráter operada de forma maravilhosa naquele admirável e misterioso encontro na estrada para Damasco.

A leitura deste trabalho literário vai nos apresentar o desenvolvimento psicossocial do jovem Saulo, desde o seu início, em Tarso, até o ministério transnacional, executado agora por Paulo apóstolo.

Culminando o ensaio, como carona em quatro grandes viagens missionárias, vivenciaremos o relato de prisões, sofrimentos, perigos e, sobretudo, a demonstração do profundo amor de Paulo por Cristo e pelo povo.

Portanto, leitor, nossa sugestão é que antes de você iniciar a leitura das cartas paulinas ou, mesmo depois de tê-las lido tantas vezes, permita que o professor Edson o conduza a um contato renovador e aberto com Paulo, para então voltar às epístolas com sensibilidade restaurada.
Os Fundamentos do Raciocínio Estatístico A estatística é uma ciência ainda escondida atrás de mitos, folclores e estórias recessivas, aqui no Brasil. Os concorrentes mais esclarecidos espalham crenças que terminam colocando a estatística como técnica de degredo ou complexação erudita de teóricos decadentes. Um dos contos estagnadores da evolução científica, vem da divisão de alimentos: 1. Se eu comi um sanduíche e você ficou olhando, a estatística vai informar que cada um comeu meio sanduiche, mas em verdade só eu comi e você ficou com fome. Outro conto veio da interpretação de temperatura média: 1. Se a cabeça do sujeito está dentro de um freezer, a menos 20º C, e os pés dele estão dentro de um forno, a 100º C, a temperatura média do seu corpo vai estar “quase” adequada (~40º C), mas ele estará morto. São dois exemplos de exageros disfuncionais de não especialistas. Mas pudera, fizeram da estatística uma visão de conhecimento essencialmente de cientistas. O que não é verdade. É certo que a estatística possui uma escala de complexação, mas cada grau de sua escala possui utilizadores-proprietários. E tal escala vai desde adequação de conhecimentos para operários e trabalhadores simples, para técnicos e tecnológos, administradores e engenheiros, até para cientistas e Phd’s. A questão nas empresas é adaptar a estatística curricularmente, em função da profissão, da escala de formação e da complexidade tecnológica setorial. Mas, tudo em nossas vidas pode ser tratado e analisado estatisticamente: EXEMPLO de Raciocínio Estatístico: estamos numa fila no banco. Tem 1 guichê funcionando, com 13 pessoas na nossa frente. Como só temos 30 minutos antes de uma reunião com o chefe, ficaremos na fila ou vamos embora? A visão estatística nos permite analisar com segurança técnica. Podemos medir o tempo médio de 3 pessoas chamadas, em nossa frente (ficaram agora 10 pessoas). E medirmos no relógio o tempo médio delas – das 3 primeiras pessoas. Achamos o tempo médio de 5 minutos (então, estas 3 pessoas, já nos levaram 15 minutos no total). Como ainda têm 10 pessoas na nossa frente, teremos a probabilidade de levarmos 50 minutos esperando a nossa vez, após os 15 minutos gastos no atendimento das 3 primeiras pessoas – total de 15 minutos. Logo, perdemos estes 15 minutos, dentro dos 30 minutos, antes da reunião com o chefe, quando entramos na fila, fazendo a amostragem de medição. Assim, temos 15 minutos possíveis de espera, mas a média de atendimento da nossa amostragem com 3 pessoas, foi de 5 minutos. Concluímos que vamos chegar atrasados a reunião com o chefe, onde: só temos 15 minutos finais, entretanto teremos que ficar na fila mais 50 minutos - de fila provável. E vamos chegar atrasados na reunião por 35 minutos se tentarmos o atendimento no caixa. ESTA É A ESSÊNCIA DO RACIOCÍNIO ESTATÍSTICO, em que tomamos uma DECISÃO estatística, baseada em observação do evento que amostramos e medimos. E para tudo que fazemos na vida, tomamos decisões parecidas, se formos racionais ... E na empresa, na fábrica, na escola, no banco, no comércio, no hospital, na vara criminal e etc, também devemos tomar decisões parecidas, porém se formos mesmo animais racionais. Os eventos, os acontecimentos ou as atividades de um processo são passíveis de medidas através de variáveis contínuas, ou de contagem, através de atributos descontínuos. Por exemplo: A velocidade é uma variável contínua, pois é medida. O número de defeitos em um produto é o atributo descontínuo, pois é contado. Os dados provenientes das medidas e contagens devem ser coletados confiavelmente, agrupados, tabelados e tratados de modo a permitir que as pessoas possam interpretar os fatos decorrentes dos fenômenos, eventos, etc. Essa interpretação deve sempre ser transformada em visão espacial - em gráficos ou diagramas - nos eixos cartesianos, mostrando o comportamento que as variáveis e atributos revelam. Essencialmente, a VARIAÇÃO ou a VARI
©2019 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.