Regina: ousada ou destemida?

Editora Vermelho Marinho
1
Free sample

 Regina era uma mulher exuberante, extremamente comunicativa, cheia de vida e plena de energia, que nascera absolutamente transparente. Nem que quisesse, saberia esconder seus sentimentos. Enquanto não os externasse de forma completa, não se tranquilizava. Impetuosa e impulsiva, jurava que nenhum homem iria abandoná-la, como o seu pai à sua mãe. Regina não era uma mulher de cruzar os braços e tomou a frente de suas escolhas. Não suportava a solidão, pois não queria acabar seus dias sozinha como sua mãe. Regina não precisava de um leito somente para si. Desde que o homem respeitasse o espaço para a seção de cosméticos e vestuário, tudo o mais deveria ser compartilhado. Até para conhecer melhor com quem ela estava lidando. Contudo, abominava casar e virar empregada do marido ou ser do lar ou especialista em prendas domésticas. Regina simplesmente não precisava de leme para guiá-la, nem nunca ficou sem rumo na vida. Não queria um homem sem a menor aptidão para a vida em comum e tampouco que a encerrasse numa gaiola. Contudo, não bastaria o homem se interessar; teria que ficar de quatro por ela. Uma quedinha não serviria; tinha que ser uma baita fixação. Se os homens não entendem nada da cabeça de mulher, Regina era uma mulher de coragem que os poria no seu devido lugar. Para não ficar à mercê de arrebatamentos pueris, viagens delirantes, fascínio por galãs de meia-tigela, preferiu estabelecer relações que pudesse controlar. E beleza não põe mesa. A utopia de Regina era encontrar um homem que procurasse conhecê-la bem e mapeasse seus piores defeitos, não se perturbando com o achado. Era uma mulher de sangue quente, gritando para quem quisesse ouvir: “eu quero viver!”. Intensamente. Queimar-se debaixo do sol de meio-dia em pleno verão era visceral para o seu estado de espírito. Variar de roupas era o seu lema. Regina provocava admiração ao se dirigir a quem quer que fosse. Falta de jeito ou timidez não se encaixavam numa personalidade tão efusiva. Uma mulher que não se comunicava por entrelinhas, fazia questão de mostrar o avesso do seu temperamento e não tinha papas na língua. Não deixava para amanhã o que podia dizer hoje. Regina, rainha, queria reinar sobre sua vida.
Read more
Collapse
5.0
1 total
Loading...

Additional Information

Publisher
Editora Vermelho Marinho
Read more
Collapse
Published on
Mar 29, 2017
Read more
Collapse
Pages
180
Read more
Collapse
ISBN
9788594860972
Read more
Collapse
Read more
Collapse
Best For
Read more
Collapse
Language
Portuguese
Read more
Collapse
Genres
Fiction / Biographical
Read more
Collapse
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Collapse

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Um jovem do interior do Rio Grande do Sul, no início da década de 1970, ao se perceber diferente, homossexual, tem uma crise existencial. Tenta o suicídio e convence parte de sua família a transferir-se para a capital do estado, na busca de realizar-se profissionalmente, aproveitar o anonimato para exercer sua individualidade, diminuir sua ansiedade, mas, acima de tudo, fugir do preconceito, muito maior naquela época do que nos dias de hoje. Na cidade grande, conhece e desfruta todos os prazeres que ela pode proporcionar, mas também os riscos e perigos de suas noites e madrugadas. Não se esquece de seus sonhos e se realiza profissionalmente, mas não afetivamente, fato que reforça em sua personalidade a baixa autoestima e, em consequência, um comportamento patológico e autodestrutivo. Transita e convive em todos os ambientes gays (guetos), mas tem sedução pelo baixo mundo e se torna um sobrevivente de todos esses riscos. Vivencia todos os dramas da década de 1980 e a morte de boa parte de seus amigos, mas, apesar de não sair ileso, sobrevive e faz o caminho inverso, voltando para sua terra natal. Nesse retorno, mais uma transformação se dá, e o que parecia tão distante acontece: volta aos bancos acadêmicos e, em 11 anos, conclui duas graduações e uma pós. Os excessos de juventude cobraram o seu preço. Tornou-se dependente de uma cadeira de rodas. Em consequência disso, foi tomado de uma grande fragilidade e vulnerabilidade tanto física como emocional. Há pouco tempo, viveu um momento limite. O que parecia o fim foi a oportunidade para mais uma transformação, e o resultado disso está nestas páginas.
©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.