A Guardiã da Memória

Editora Draco
10

Pode uma mulher se apaixonar por um centauro, criatura de uma estirpe tradicionalmente inimiga dos humanóides, especialmente os terrígenas? Uma surpreendente história de amor regada a sensualidade e aventura, A Guardiã da Memória, do veterano autor Gerson Lodi-Ribeiro, traz enfim a maturidade da ficção científica erótica brasileira.Em Ahapooka, o Mundo-sem-Volta, descendentes de náufragos de inúmeras espécies inteligentes erigiram culturas mestiças e vigorosas ao longo dos milênios numa tentativa de recriar as glórias de suas civilizações ancestrais. A maioria das culturas alienígenas de Ahapooka discrimina os humanos pela crença da evolução das espécies de forma espontânea, sem auxílio de promotores alienígenas. Para tentar reverter essa situação, a operativa humana Clara — heroína da premiada noveleta “A Filha do Predador” — é enviada para uma missão secreta no Império. Quando os planos da Nação Humana não saem como o esperado, Clara é obrigada a fugir às pressas a bordo de um navio tripulado por alienígenas anfíbias em companhia de um centauro. Isolada com ele por meses a fio, a amizade que a humana nutre pelo alienígena se transforma em algo mais.
Read more
3.9
10 total
Loading...

Additional Information

Publisher
Editora Draco
Read more
Published on
May 17, 2012
Read more
Pages
304
Read more
ISBN
9788562942372
Read more
Language
Portuguese
Read more
Genres
Fiction / Romance / Erotica
Fiction / Romance / Fantasy
Fiction / Science Fiction / General
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Read Aloud
Available on Android devices
Read more
Eligible for Family Library

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Imagine um mundo sustentável, movido por energias limpas e renováveis, menos agressivas ao meio ambiente. Agora imagine a humanidade sob o impacto dessas mudanças. É essa a proposta de “Solarpunk – Histórias ecológicas e fantásticas em um mundo sustentável”, que após “Vaporpunk” e “Dieselpunk”, fecha a trilogia de coletâneas de ficção especulativa organizadas por Gerson Lodi-Ribeiro.Mais otimista, vislumbrando um futuro esperançoso e desenvolvido, as noveletas de Solarpunk exploram desde o aproveitamento dos relâmpagos atmosféricos à produção de biocombustíveis via nanotecnologia. Grandes veleiros espaciais impulsionados pela pressão da radiação solar, o advento de humanos fotossintéticos, e como não há sociedade perfeita, até mesmo o terrorismo contra empreendimentos e governos verdes.Nove autores de Brasil e Portugal imaginam esse futuro surpreendente: Carlos Orsi, Telmo Marçal, Romeu Martins, Antonio Luiz M. C. Costa, Gabriel Cantareira, Daniel I. Dutra, André S. Silva, Roberta Spindler e o organizador Gerson Lodi-Ribeiro.O sol de um futuro sustentável está nascendo, conheça o mundo verde e brilhante de Solarpunk.ContosSoylent Green is People! – Carlos OrsiO Confronto dos Reinos – Telmo MarçalE Atenção: Notícia urgente! – Romeu MartinsEra Uma Vez um Mundo – Antonio Luiz M. C. CostaFuga – Gabriel CantareiraGary Johnson – Daniel I. DutraXibalba Sonha com o Oeste – André S. SilvaSol no Coração – Roberta SpindlerAzul Cobalto e o Enigma – Gerson Lodi-Ribeiro
É hora de reimaginar os seres mais incríveis que habitaram o planetaEles estão extintos, mas continuam a abrir trilhas pelas selvas profundas do imaginário popular. Do cinema à literatura fantástica, dos games aos quadrinhos, a maioria das histórias abordou esses gigantes queridos do passado como monstros desajeitados e pouco inteligentes, meros troféus obtidos em safáris mesozoicos.Não neste livro. Aqui não faltará imaginação para recriar esses animais de misteriosa fisiologia.Dinossauros é uma antologia de ficção científica organizada por Gerson Lodi-Ribeiro em que ele participa com contos ao lado de Sid Castro, Bruno Anselmi Matangrano, J. M. Beraldo, Nuno Almeida, Roberta Spindler, Cirilo S. Lemos, J. R. R. Santos, Priscila Barone, Felix Alba, Rodrigo van Kampen, A. Z. Cordenonsi, Simone Saueressig, Flávio Medeiros Jr. e Antonio Luiz M. C. Costa.Uma garota educada por selenossauros é a primeira crononauta terrígena. Nos tempos do Brasil Colônia, bandeirantes cruzam um portal e regressam a um passado repleto de bichos estranhos. Uma expedição humana explora ilha habitada por dinossauros homeotérmicos, emplumados e racionais. Invasores alienígenas sauriformes transformam os humanos em escravos de cama e mesa. Dinos inteligentes sobrevivem como favelados num Rio de Janeiro vitoriano. Acidentes em cronolaboratórios. Galinhas malévolas. Uma espécie de Barney homicida. Estranhos animais de estimação. Dinossauros.Vista seu melhor traje de explorador e embrenhe-se nas selvas, cidades e laboratórios dessas páginas. Mas leve um rifle, só por garantia. Afinal os dinos parecem sempre estar com fome.
Dieselpunk é o sucessor cronológico do steampunk, gênero literário que chegou à moda e às artes plásticas, conquistou o mundo e foi o nosso tema em Vaporpunk – relatos steampunk publicados sob as ordens de Suas Majestades. Agora, com uma estética inspirada no começo do século XX, a Belle Époque surge sem a interferência da Grande Depressão e a Guerra Fria atinge níveis inimagináveis. Nove autores remexeram os mais secretos arquivos para a primeira antologia do tema em língua portuguesa, Dieselpunk – arquivos confidenciais de uma bela época.O combustível dessa vez é o diesel, capaz de levar aos céus máquinas mais pesadas que o ar e movimentar indústrias criadas sob a euforia progressista da vida nas metrópoles. Impérios lutam contra governos populares, e a individualidade e o mérito próprio perdem cada vez mais espaço para a coletividade e o bem comum, mesmo quando os reais objetivos das nações não podem ser compreendidos.Um retrato cinzento de um passado em que os motores do mundo são mais valorizados do que as pessoas que o habitam, e o Estado se nega a enxergar o cidadão como peça fundamental de sua existência. Mas há muito mais em Dieselpunk do que controle e poder. Há indivíduos que decidiram fazer a diferença contra esta nova ordem e há indivíduos que ajudaram a criá-la. Suas histórias são aqui relatadas pelos senhores: Carlos Orsi, Tibor Moricz, Octavio Aragão, Hugo Vera, Antonio Luiz M. C. Costa, Cirilo S. Lemos, Sid Castro e Jorge Candeias, organizadas pelo também autor Gerson Lodi‐Ribeiro.Conheça o mundo movido a diesel que o levará a refletir sobre o nosso presente e as escolhas de homens e estados que fizeram nossa história. Esse é o mundo de Dieselpunk.Antologia organizada por Gerson Lodi-Ribeiro, que também tem uma noveleta, e com a participação de Carlos Orsi, Tibor Moricz, Octavio Aragão, Hugo Vera, Antonio Luiz M. C. Costa, Cirilo S. Lemos, Sid Castro, Jorge Candeias.
Imagine um mundo sustentável, movido por energias limpas e renováveis, menos agressivas ao meio ambiente. Agora imagine a humanidade sob o impacto dessas mudanças. É essa a proposta de “Solarpunk – Histórias ecológicas e fantásticas em um mundo sustentável”, que após “Vaporpunk” e “Dieselpunk”, fecha a trilogia de coletâneas de ficção especulativa organizadas por Gerson Lodi-Ribeiro.Mais otimista, vislumbrando um futuro esperançoso e desenvolvido, as noveletas de Solarpunk exploram desde o aproveitamento dos relâmpagos atmosféricos à produção de biocombustíveis via nanotecnologia. Grandes veleiros espaciais impulsionados pela pressão da radiação solar, o advento de humanos fotossintéticos, e como não há sociedade perfeita, até mesmo o terrorismo contra empreendimentos e governos verdes.Nove autores de Brasil e Portugal imaginam esse futuro surpreendente: Carlos Orsi, Telmo Marçal, Romeu Martins, Antonio Luiz M. C. Costa, Gabriel Cantareira, Daniel I. Dutra, André S. Silva, Roberta Spindler e o organizador Gerson Lodi-Ribeiro.O sol de um futuro sustentável está nascendo, conheça o mundo verde e brilhante de Solarpunk.ContosSoylent Green is People! – Carlos OrsiO Confronto dos Reinos – Telmo MarçalE Atenção: Notícia urgente! – Romeu MartinsEra Uma Vez um Mundo – Antonio Luiz M. C. CostaFuga – Gabriel CantareiraGary Johnson – Daniel I. DutraXibalba Sonha com o Oeste – André S. SilvaSol no Coração – Roberta SpindlerAzul Cobalto e o Enigma – Gerson Lodi-Ribeiro
É hora de reimaginar os seres mais incríveis que habitaram o planetaEles estão extintos, mas continuam a abrir trilhas pelas selvas profundas do imaginário popular. Do cinema à literatura fantástica, dos games aos quadrinhos, a maioria das histórias abordou esses gigantes queridos do passado como monstros desajeitados e pouco inteligentes, meros troféus obtidos em safáris mesozoicos.Não neste livro. Aqui não faltará imaginação para recriar esses animais de misteriosa fisiologia.Dinossauros é uma antologia de ficção científica organizada por Gerson Lodi-Ribeiro em que ele participa com contos ao lado de Sid Castro, Bruno Anselmi Matangrano, J. M. Beraldo, Nuno Almeida, Roberta Spindler, Cirilo S. Lemos, J. R. R. Santos, Priscila Barone, Felix Alba, Rodrigo van Kampen, A. Z. Cordenonsi, Simone Saueressig, Flávio Medeiros Jr. e Antonio Luiz M. C. Costa.Uma garota educada por selenossauros é a primeira crononauta terrígena. Nos tempos do Brasil Colônia, bandeirantes cruzam um portal e regressam a um passado repleto de bichos estranhos. Uma expedição humana explora ilha habitada por dinossauros homeotérmicos, emplumados e racionais. Invasores alienígenas sauriformes transformam os humanos em escravos de cama e mesa. Dinos inteligentes sobrevivem como favelados num Rio de Janeiro vitoriano. Acidentes em cronolaboratórios. Galinhas malévolas. Uma espécie de Barney homicida. Estranhos animais de estimação. Dinossauros.Vista seu melhor traje de explorador e embrenhe-se nas selvas, cidades e laboratórios dessas páginas. Mas leve um rifle, só por garantia. Afinal os dinos parecem sempre estar com fome.
©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.