Os Mil e Um Segredos de uma Princesa

Leya
Free sample

“Um bom muçulmano deve guardar segredos. Embora eu revele segredos importantes neste livro, terei o cuidado de divulgar apenas aqueles que não prejudiquem inocentes. Muitos foram-me contados por mulheres vítimas de abusos. Mulheres que me suplicaram que os revelasse ao mundo. Mulheres que são heroicas pelo simples facto de continuarem a viver. Quando, no meu canto do mundo, uma inocente é violada, vê-se muitas vezes declarada responsável pelo seu infortúnio. Isto é verdade, e vou contar-vos histórias que confirmam este horror. Os nomes de quem me pediu o anonimato permanecerão ocultos.”A princesa Sultana e a escritora Jean Sasson continuam imparáveis na sua luta contra a repressão feminina nos países do Médio Oriente. Neste livro, revelam segredos, contam histórias e imploram para que as ouçamos. Que as ajudemos a criar um futuro mais justo, em que as mulheres não possam ser chicoteadas, violadas ou apedrejadas por atitudes que, para nós, são banais. Estas são vozes que nunca se calarão. Que expõem o seu sofrimento para que o sofrimento de todos termine. Tragicamente, tudo aquilo que vão ler é real. Mas não devia passar de ficção. Jean Sasson e a princesa Sultana continuam a lutar para que assim seja um dia...
Read more

Reviews

Loading...

Additional Information

Publisher
Leya
Read more
Published on
Aug 15, 2016
Read more
Pages
256
Read more
ISBN
9789892335827
Read more
Language
Portuguese (Portugal)
Read more
Genres
Biography & Autobiography / Personal Memoirs
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Read Aloud
Available on Android devices
Read more
Eligible for Family Library

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Jean Sasson
No bestseller A Vida Secreta das Princesas Árabes, a princesa Sultana abriu o coração e revelou ao mundo o seu brutal e humilhante quotidiano. As suas palavras emocionaram milhões de pessoas em todo o mundo.Alguns anos passaram mas a repressão e a violência continuam a ditar o destino das mulheres da Arábia Saudita. Sob o véu da lei e da tradição são cometidas as maiores atrocidades, e os seus autores raramente castigados.Ainda que pertença a uma das famílias mais ricas e poderosas do país, Sultana é mais uma vítima deste flagelo. Mas para além das dificuldades que enfrenta enquanto filha, irmã e esposa, o seu coração sofre também por todas as mulheres que a rodeiam. São relatos sofridos aqueles que Sultana, a sua filha mais velha e Jean Sasson nos contam. São dramas humanos, e Sultana, na sua eterna demanda por justiça, não quer deixá-los cair no esquecimento do mundo. Estas são as suas histórias. Com coragem e fé inabaláveis, Sultana continua a batalhar pela dignidade feminina num país que teima em manter-se à margem dos mais básicos princípios dos Direitos Humanos. Um relato que apela à nossa compaixão. Um livro, mais do que nunca, urgente.Jean Sasson viveu na Arábia Saudita durante mais de dez anos e vive atualmente nos Estados Unidos, de onde é natural. O seu profundo conhecimento do Médio Oriente permitiu-lhe escrever uma vasta obra. Os seus livros são bestsellers internacionais e venderam já mais de 14 milhões de exemplares.Para mais informações sobre a autora pode consultar o site: www.jeansasson.com
Jean Sasson
Nascida no Líbano, Yasmeena era jovem, bela e sofisticada. Tinha formação universitária, falava fluentemente inglês e trabalhava como assistente de bordo. Era também virgem e conservadora, como mandava a tradição familiar. O seu mundo ruiu no dia em que o avião em que deveria sair do Kuwait ficou retido no aeroporto. Saddam Hussein acabara de invadir o país. A guerra começava. No meio do caos, Yasmeena foi enclausurada numa prisão controlada por soldados iraquianos. A violação e a tortura faziam parte da rotina. A impunidade era total.Após o brutal ataque de que foi alvo às mãos do chefe da prisão, Yasmeena fechou-se em si própria e na sua dor... até ao momento em que conheceu Lana, cujo destino estava à mercê de um sádico. Por temer pela vida da amiga, Yasmeena usou o seu frágil poder junto do chefe. Mas a sua coragem teve um preço. Para salvar Lana, Yasmeena foi forçada a fazer uma escolha...Há muito que Jean Sasson queria revelar ao mundo a história de Yasmeena. Mas sabia que, por ser sexualmente explícita, seria difícil de publicar. Contudo, Yasmeena nunca abandonou os seus pensamentos. E, um dia, Jean Sasson simplesmente soube que era a altura certa para a partilhar e impedir que a verdade sobre o que passou entre as paredes daquela prisão caísse no esquecimento.Chocante e comovente, este é um relato fundamental sobre um crime de guerra menosprezado: a violação. Um grito contra o silêncio a que as suas vítimas são condenadas para a vida.Jean Sasson viveu na Arábia Saudita durante mais de dez anos e vive atualmente nos Estados Unidos, de onde é natural. O seu profundo conhecimento do Médio Oriente permitiu-lhe escrever uma vasta obra.
Manuel Forjaz
Nunca te distraias da vida é um livro biográfico, mas não é uma biografia. É um livro que nos fala do cancro e do que é viver todos os dias com a doença, tentando manter a disciplina, a alegria e uma agenda profissional milimetricamente preenchida, como Manuel Forjaz sempre teve. Sem que pretenda ser um manual de comportamento ou, sequer, um livro de auto-ajuda, trata-se de um testemunho e de uma ferramenta muito útil para todas as pessoas que estão a viver um problema semelhante ou que têm um familiar ou um amigo doente. É sobretudo um livro despretensioso, escrito por um homem que luta pela vida desde há vários anos, sem nunca baixar os braços e com uma enorme fé em Deus e na ciência; um homem que tem procurado todas as soluções possíveis para a situação difícil em que se encontra e que integra no seu plano de tratamentos a medicina tradicional e as medicinas alternativas com o mesmo rigor; um homem que vive com a certeza de que, mais tarde ou mais cedo, o cancro poderá matá-lo, mas não conseguirá nunca impedi-lo de viver a vida enquanto existir vida para viver.Manuel Forjaz nasceu em Moçambique, em Agosto de 1963. Economista pela Universidade Católica Portuguesa, trabalhou na área de marketing da Lever, foi director-geral da Bertrand e CEO da Medipress. Em 1997, tornou-se empresário e foi inovador na oferta de serviços de cliente-mistério em Portugal. Fez parte da Direcção da Associação Nacional de Jovens Empresários e ajudou a dinamizar uma série de iniciativas ligadas ao empreendedorismo empresarial e também, sob a forma de voluntariado, ao empreendedorismo social. Foi fundador do projecto Pais Protectores, do Instituto do Empreendorismo Social, lançou o TedxOPorto e tornou-se um orador de relevo.
Najwa bin Laden
The New York Times calls GROWING UP BIN LADEN: "The most complete account available of the terrorist's immediate family." (May 15, 2011)

A true story that few ever believed would come to light, GROWING UP BIN LADEN uncovers startling revelations and hidden secrets carefully guarded by the most wanted terrorist of our lifetime, Osama bin Laden.

"I was not always the wife of Osama bin Laden. Once I was an innocent child dreaming little girl dreams..."

Thus begins this powerful story as Najwa bin Laden, who married her cousin Osama bin Laden at the age of 15 to become his first wife and the mother to eleven of his children, and her son, Omar bin Laden, the fourth-born son of Osama bin Laden. Together, mother and son tell an extraordinarily powerful story of a man hated by so many, yet both loved and feared by his family, with spine-tingling details about the life and times of the man they knew as a husband and father, including: - Osama's disapproval of modern conveniences, including electricity and medicine- His plan to toughen up his sons by taking them into the desert without food or water- Transporting his wives and children to the rough terrain of Sudan, where he claimed to be preparing them for attacks from western powers, commanding them to dig holes, and to sleep in those holes, allowing nothing more than sand and twigs for cover- Omar's horror at the rape and murder of a boy his own age, by members of a jihadist group living among them in the Sudan. - What happened in the bin Laden home in Jeddah, Saudi Arabia, on the morning of September 11, 2001, and Omar's surprise phone call with his mother, who escaped from Afghanistan only two days before the shattering events that killed so many innocent people
Since September 11, 2001, journalists have struggled to uncover carefully guarded information about Osama's private life. Until now, Osama Bin Laden's family members have not cooperated with any writers or journalists. Now, with unprecedented access and insight, Jean Sasson, author of the bestselling Princess: A True Story Behind the Veil in Saudi Arabia, takes us inside the secret world of Osama bin Laden.

Jean Sasson
No bestseller A Vida Secreta das Princesas Árabes, a princesa Sultana abriu o coração e revelou ao mundo o seu brutal e humilhante quotidiano. As suas palavras emocionaram milhões de pessoas em todo o mundo.Alguns anos passaram mas a repressão e a violência continuam a ditar o destino das mulheres da Arábia Saudita. Sob o véu da lei e da tradição são cometidas as maiores atrocidades, e os seus autores raramente castigados.Ainda que pertença a uma das famílias mais ricas e poderosas do país, Sultana é mais uma vítima deste flagelo. Mas para além das dificuldades que enfrenta enquanto filha, irmã e esposa, o seu coração sofre também por todas as mulheres que a rodeiam. São relatos sofridos aqueles que Sultana, a sua filha mais velha e Jean Sasson nos contam. São dramas humanos, e Sultana, na sua eterna demanda por justiça, não quer deixá-los cair no esquecimento do mundo. Estas são as suas histórias. Com coragem e fé inabaláveis, Sultana continua a batalhar pela dignidade feminina num país que teima em manter-se à margem dos mais básicos princípios dos Direitos Humanos. Um relato que apela à nossa compaixão. Um livro, mais do que nunca, urgente.Jean Sasson viveu na Arábia Saudita durante mais de dez anos e vive atualmente nos Estados Unidos, de onde é natural. O seu profundo conhecimento do Médio Oriente permitiu-lhe escrever uma vasta obra. Os seus livros são bestsellers internacionais e venderam já mais de 14 milhões de exemplares.Para mais informações sobre a autora pode consultar o site: www.jeansasson.com
Jean Sasson
Nascida no Líbano, Yasmeena era jovem, bela e sofisticada. Tinha formação universitária, falava fluentemente inglês e trabalhava como assistente de bordo. Era também virgem e conservadora, como mandava a tradição familiar. O seu mundo ruiu no dia em que o avião em que deveria sair do Kuwait ficou retido no aeroporto. Saddam Hussein acabara de invadir o país. A guerra começava. No meio do caos, Yasmeena foi enclausurada numa prisão controlada por soldados iraquianos. A violação e a tortura faziam parte da rotina. A impunidade era total.Após o brutal ataque de que foi alvo às mãos do chefe da prisão, Yasmeena fechou-se em si própria e na sua dor... até ao momento em que conheceu Lana, cujo destino estava à mercê de um sádico. Por temer pela vida da amiga, Yasmeena usou o seu frágil poder junto do chefe. Mas a sua coragem teve um preço. Para salvar Lana, Yasmeena foi forçada a fazer uma escolha...Há muito que Jean Sasson queria revelar ao mundo a história de Yasmeena. Mas sabia que, por ser sexualmente explícita, seria difícil de publicar. Contudo, Yasmeena nunca abandonou os seus pensamentos. E, um dia, Jean Sasson simplesmente soube que era a altura certa para a partilhar e impedir que a verdade sobre o que passou entre as paredes daquela prisão caísse no esquecimento.Chocante e comovente, este é um relato fundamental sobre um crime de guerra menosprezado: a violação. Um grito contra o silêncio a que as suas vítimas são condenadas para a vida.Jean Sasson viveu na Arábia Saudita durante mais de dez anos e vive atualmente nos Estados Unidos, de onde é natural. O seu profundo conhecimento do Médio Oriente permitiu-lhe escrever uma vasta obra.
©2017 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.