Aerotrópole: O modo como viveremos no futuro

- Livro mostra como o transporte aéreo está transformando as cidades

- Aerotrópole traz estudos de caso sobre enormes aeroportos que se transformaram em verdadeiras cidades;

- Novo modelo é capaz de reestruturar os negócios e a vida urbana, alavancando a economia de regiões inteiras.

Pense numa cidade construída ao redor de um aeroporto, que ofereça ao mundo dos negócios uma rápida conectividade com fornecedores, clientes e parceiros a nível nacional ou internacional. O estudo de caso sobre estas novas experiências de integração aeroportuária e urbana estão presentes em Aerotrópole – o modo como viveremos no futuro (DVS Editora).

O livro é uma parceria entre o jornalista Greg Lindsay e o professor John D. Kasarda, da Universidade da Carolina do Norte. Foi Kasarda quem cunhou o termo aerotrópole ao se dar conta que, na era da globalização, as pessoas desejam viver em cidades conectadas por um farto e acessível transporte aéreo. Tal questão é ainda mais preponderante no mundo dos negócios, em que a necessidade de viajar não é mais exclusividade dos cargos mais altos – é uma realidade também para pessoas que estão em níveis intermediários.

“Dúzias de aerotrópoles estão se desenvolvendo ao redor do mundo de forma planejada ou mesmo espontaneamente. Entre as mais proeminentes temos as de Amsterdam com o aeroporto de Schiphol, Hong Kong, Incheon na Coreia do Sul, Dubai, Chicago, Dallas-Ft Worth, Washington Dulles, e Memphis.  Elas têm atraído uma notável quantidade de investimentos  nos negócios localizados na área do aeroporto e causando grande impacto econômico em suas regiões e nações. Em muitos casos, esses investimentos batem a casa dos US$ 10 bilhões ao ano”, relata Kasarda.

Para oferecer uma análise precisa sobre este fenômeno, o livro aborda urbanismo, economia global, relações internacionais, sociologia e, principalmente, globalização. Após a leitura da obra, é possível imaginar um novo formato para o mapa mundial em que as aerotrópoles poderiam ser colocadas lado a lado, independente da distância real entre elas.

O caso brasileiro

O Brasil é citado diversas vezes durante o livro. Brasília é, inclusive, mencionada como um exemplo negativo de cidade planejada. Infelizmente, a realidade nacional é condenada por Kasarda. “Apenas a China planeja investir cerca de US$ 240 bilhões nesse setor nos próximos cinco anos, incluindo a construção de 11 novos aeroportos comerciais. Ásia e Oriente Médio têm uma visão diferente da brasileira. A maioria dessas nações enxerga os aeroportos como ativos de infraestrutura primária, enquanto no Brasil, os aeroportos são vistos muitas vezes como um dano ou uma ameaça ao ambiente a ser controlada”, discute.

Estamos vivenciando o aparecimento de uma era verdadeiramente global e a leitura de Aerotrópole é essencial para entendermos como e onde viveremos e trabalharemos nesta nova realidade. Além do interesse que desperta no público geral, Kasarda explica que a obra serve de aconselhamento a governantes públicos e empresários do setor. 

Read more

About the author

John D. Kasarda é professor de Estratégia e Empreendedorismo e Diretor do Instituto Kenan das Empresas Privadas, na Universidade de Carolina do Norte, e também integra o Instituto de Comércio Aéreo. O autor publicou mais de 100 artigos e nove livros sobre cidades aeroportuárias, infraestrutura aeronáutica, desenvolvimento econômico e competitividade. Ele é frequentemente citado no The Wall Street Journal, The New York Times, Business Week, e mídia internacional em geral. Kasarda já ofereceu numerosos programas voltados para executivos onde tratou de questões como logística aérea, localização empresarial, gestão da cadeia de abastecimento global e desenvolvimento aeroportuário de empresas multinacionais, como a Boeing, a Airbus, a FedEx, a Lufthansa, DHL, vias aéreas tailandesas International, Caterpillar Logistics, Prudential Real Estate , Bank of America e Deloitte & Touche.

Greg Lindsay é jornalista e já escreveu artigos para as revistas Time, Fortune, BusinessWeek e Fast Company.
Read more
5.0
4 total
Loading...

Additional Information

Publisher
DVS Editora
Read more
Pages
616
Read more
ISBN
9788588329805
Read more
Read more
Language
Portuguese
Read more
Genres
Business & Economics / Urban & Regional
Transportation / Aviation / General
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Read Aloud
Available on Android devices
Read more

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
This brilliant and eye-opening look at the new phenomenon called the aerotropolis gives us a glimpse of the way we will live in the near future—and the way we will do business too.

Not so long ago, airports were built near cities, and roads connected the one to the other. This pattern—the city in the center, the airport on the periphery— shaped life in the twentieth century, from the central city to exurban sprawl. Today, the ubiquity of jet travel, round-the-clock workdays, overnight shipping, and global business networks has turned the pattern inside out. Soon the airport will be at the center and the city will be built around it, the better to keep workers, suppliers, executives, and goods in touch with the global market.

This is the aerotropolis: a combination of giant airport, planned city, shipping facility, and business hub. The aerotropolis approach to urban living is now reshaping life in Seoul and Amsterdam, in China and India, in Dallas and Washington, D.C. The aerotropolis is the frontier of the next phase of globalization, whether we like it or not.

John D. Kasarda defined the term "aerotropolis," and he is now sought after worldwide as an adviser. Working with Kasarda's ideas and research, the gifted journalist Greg Lindsay gives us a vivid, at times disquieting look at these instant cities in the making, the challenges they present to our environment and our usual ways of life, and the opportunities they offer to those who can exploit them creatively. Aerotropolis is news from the near future—news we urgently need if we are to understand the changing world and our place in it.

©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.