Cinco minutos / A viuvinha

FTD Educação
8
Free sample

Este livro traz duas obras do romancista José de Alencar em um só volume, com comentários e biografia do autor. Cinco minutos conta a história de um encontro fortuito do narrador com uma jovem em um ônibus. Depois de perder a moça de vista e encontrá-la casualmente algumas vezes, o narrador finalmente a conhece e descobre que ela já o amava a distância, mas uma doença incurável os impede de ficar juntos. Mesmo desiludido, o narrador parte em busca de sua amada e encontra, pelo caminho, bilhetes dela o esperando. 
Em A viuvinha, o jovem Jorge leva uma vida de prazeres fugazes até perceber-se só. Para aliviar a alma, o jovem vai até uma igreja onde conhece e se apaixona por Carolina, uma jovem pura e modesta de 15 anos. Um relacionamento se estabelece e o casamento é marcado. Um dia antes, no entanto, Jorge recebe a notícia de que sua fortuna não mais existia e de que tinha dívidas a pagar. A partir daí, suas decisões levam a uma tragédia e, por fim, sua redenção. (FTD Educação)
Read more

Reviews

4.8
8 total
Loading...

Additional Information

Publisher
FTD Educação
Read more
Published on
Aug 11, 2015
Read more
Pages
72
Read more
ISBN
9788532288011
Read more
Features
Read more
Language
Portuguese (Portugal)
Read more
Genres
Juvenile Fiction / Classics
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Read Aloud
Available on Android devices
Read more
Eligible for Family Library

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
José de Alencar
A Viuvinha � o terceiro romance de autoria de Jos� de Alencar, escritor brasileiro, publicado em 1857 e atualmente esta obra encontra-se sob dom�nio p�blico. A obra inclui-se entre os chamados romances urbanos, que retratam os costumes da sociedade carioca do Segundo Reinado.Sinopse : No Rio de Janeiro de 1844, dois jovens se apaixonam, Jorge e Carolina. Jorge era rico, o herdeiro de uma fortuna deixada pelo pai, mas ao tomar posse da riqueza, n�o sabe administr�-la e perde tudo em jogos e divers�es. Quando conhece Carolina de quem fica noivo, j� est� falido e deve muito dinheiro a v�rias pessoas, ent�o come�a seu drama: se romper o noivado, deixar� Carolina em situa��o ruim e com sua reputa��o prejudicada. Ele ent�o resolve se casar para logo depois cometer suic�dio. Na noite de n�pcias, d� a Carolina uma bebida que a faz cair num sono profundo e vai embora de casa, intentando suicidar-se numa praia deserta, nesse momento, a hist�ria...Estilo ; Apesar de ser considerado escrito no formato de carta, o autor da missiva n�o somente conta a hist�ria em terceira pessoa - n�o tendo participa��o nos eventos - como ainda exerce a fun��o de narrador onisciente e onipresenteEstratto : SE passasse h� dez anos pela praia da Gl�ria, minha prima,antes que as novas ruas que abriram tivessem dadoum ar de cidade �s lindas encostas do morro de Santa Teresa,veria de longe sorrir-lhe entre o arvoredo, na quebrada damontanha, uma casinha de quatro janelas com um pequenojardim na frente.Ao cair da tarde, havia de descobrir na �ltima, das janelaso vulto gracioso de uma menina que a� se conservava im�velat� seis horas, e que, retirando-se ligeiramente, vinha pela portinhado jardim encontrar-se com um mo�o que subia a ladeirae oferecer-lhe modestamente a fronte, onde ele pousava um beijode amor t�o casto que parecia antes um beijo de pai.Depois, com as m�os entrela�adas, iam ambos sentar-se aum canto do jardim, onde a sombra era mais espessa, e a�conversavam baixinho um tempo esquecido; ouvia-se apenas Odoce murm�rio das vozes, interrompidas por esses momentosde sil�ncio em que a alma emudece, por n�o achar no voc�bulohumano outra linguagem que melhor a exprima.O arrulhar destes dois cora��es virgens durava at� oitohoras da noite, quando uma senhora de certa idade chegava auma das janelas da casa, j� ent�o iluminada, e, debru�ando-seum pouco, dizia com a voz doce e af�vel.-- Olha o sereno, Carolina!A estas palavras os dois amantes se erguiam, atravessavamo pequeno espa�o que os separava da casa e subiam osdegraus da porta, onde eram recebidos pela senhora que osesperava.-- Boa noite, D. Maria, dizia o mo�o.-- Boa noite, sr. Jorge ; como passou? respondia a boasenhora.A sala da casinha era simples e pequena, mas muito elegante;tudo nela respirava esse aspecto alegre e faceiro quese ri com a vista.A� nessa sala passavam as tr�s pessoas de que lhe faleium desses ser�es de fam�lia, �ntimos e tranq�ilos, como j� n�oos h� talvez nessa bela cidade do...Biografia : Jos� de Alencar (1829-1877) foi um escritor e pol�tico brasileiro. � notado como escritor, sendo fundador do romance de tem�tica nacional e patrono da Academia Brasileira de Letras, e como pol�tico por sua tenaz defesa da escravid�o no Brasil e por ter sido Ministro da Justi�a do Brasil.Filho ileg�timo do padre e mais tarde senador Jos� Martiniano Pereira de Alencar e de sua prima D. Ana Josefina de Alencar, era irm�o do bar�o de Alencar, sobrinho de Trist�o Gon�alves, neto de B�rbara de Alencar e primo em segundo grau do bar�o de Exu. Formou-se em Direito, iniciando-se na atividade liter�ria no Correio Mercantil e no Di�rio do Rio de Janeiro. Casou-se com Georgiana Augusta Cochrane (1846-1913), sendo pai do embaixador Augusto Cochrane de Alencar.
©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.