Políticas de segurança pública no estado de São Paulo: situações e perspectivas a partir das pesquisas do Observatório de Segurança Pública da UNESP

SciELO - Editora UNESP
10

Esta obra apresenta os resultados de uma investigação sobre as políticas de segurança pública, no Estado de São Paulo, no período de 1989 a 2008, realizada por pesquisadores vinculados, direta ou indiretamente, ao Observatório de Segurança Pública da Unesp, campus de Marília (OSP). Durante tal período, que se iniciou com a promulgação de uma nova Constituição, marcada por um amplo repertório de direitos, a segurança ganhou foro de preocupação nacional, estando presente nos principais órgãos da imprensa e nos debates legislativos. Daí a importância deste livro, que analisa sob diferentes perspectivas um vasto leque de problemas afetos à segurança pública, como por exemplo, a eficiência e os limites da ação policial, o acesso à justiça, a reforma da legislação penal, a reforma das prisões, o controle do crime organizado, da corrupção e da própria ação policial, o policiamento comunitário, entre outras iniciativas que merecem ser recenseadas e melhor avaliadas. São temas da maior atualidade e urgência.
Read more
4.8
10 total
Loading...

Additional Information

Publisher
SciELO - Editora UNESP
Read more
Published on
Jan 1, 2009
Read more
Pages
219
Read more
ISBN
9788579830198
Read more
Language
Portuguese
Read more
Genres
Political Science / Public Policy / General
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Read Aloud
Available on Android devices
Read more

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Juscelino Kubitschek de Oliveira, também conhecido como JK (12 de setembro de 1902 — 22 de agosto de 1976), foi um médico, oficial da Polícia Militar Mineira e político brasileiro, que ocupou a Presidência da República entre 1956 e 1961. JK é geralmente admirado pela população brasileira como um visionário empreendedor, que concretizou seus planos em grandes obras, dando sequência ao processo de modernização do país iniciado por Getúlio Vargas. Os discursos selecionados incluem o da inauguração de Brasília, uma das realizações mais notórias de seu governo. Discursos Selecionados: No tribunal Superior Eleitoral, ao receber o diploma de Presidente da República – Rio de Janeiro, 27 de janeiro de 1956 No Clube Ideal, sobre o Plano de Valorização Econômica da Amazônia – Manaus, 18 de abril de 1956 Na Associação Comercial de Santos, sobre café, relações internacionais, investimentos estrangeiros e outras questões de desenvolvimento nacional – Santos, 28 de janeiro de 1957 No Palácio do Catete, quando da assinatura da declaração relativa ao tratado de amizade e consulta entre o Brasil e Portugal – Rio de Janeiro, 11 de junho de 1957 Discurso à Nação e aos representantes diplomáticos dos Estados Americanos acreditados junto ao governo brasileiro – Rio de Janeiro, 20 de junho de 1958 Balanceando a política externa continental, em reunião da comissão brasileira da operação Pan-Americana, no Palácio do Itamarati – Rio de Janeiro, 6 de dezembro de 1959 Despedida ao povo carioca, pela “Voz do Brasil” – Rio de Janeiro, 19 de abril de 1960 No Palácio do Itamarati, perante os membros do conselho da Operação Pan-Americana – Rio de Janeiro, 19 de abril de 1960 Na praça dos Três Poderes, dirigindo-se aos operários que construíram a capital – Brasília, 20 de abril de 1960 Discurso de JK na inauguração de Brasília – Brasília, 21 de abril de 1960 Discurso pronunciado ao ensejo do Ano Novo, fazendo uma síntese das posições adotadas pelo Brasil no campo nacional, continental e internacional – Rio de Janeiro, 31 de dezembro de 1960
Coletânea que vem preencher uma lacuna importante no âmbito dos programas voltados para o controle dos processos endêmicos. Ela cumpre três objetivos principais: pensar o papel social da avaliação; discutir os problemas envolvidos na aproximação da teoria à ação no processo avaliativo; e colaborar com a prática de profissionais em avaliação no desenvolvimento de projetos ou planos de avaliação com foco na melhoria das ações. Os capítulos apresentam estudos sobre programas de dengue, sífilis congênita, vigilância em saúde, HIV e tuberculose. Embora os estudos avaliativos apresentados não possam extrapolar seus resultados para outras realidades, compartilham com elas conceitos, fundamentos e questões, bem como fatores que facilitam ou dificultam as ações em saúde. O livro tem a preocupação de articular o discurso com a prática, a teoria com a ação, de modo a aproximar a produção acadêmica dos serviços de assistência à saúde. Propõe processos avaliativos não para gerar informações de forma burocrática, mas para compreender como e por que aqueles resultados são produzidos, tornando-os cada vez mais relevantes para melhorar os serviços estudados. E isso requer avaliações que contemplem tanto as perspectivas técnicas e normativas quanto a visão dos usuários. Dessa forma, os achados de um processo avaliativo podem, de fato, contribuir para a tomada de decisões, os ajustes necessários nos programas ou a busca de novas alternativas.
©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.