O escaravelho dos deuses: Lugares Malditos

Editora Moinhos (Camila Araujo da Silva MEI)
Amostra gratuita

Quando uma expedição arqueológica, no Egito, faz uma célebre descoberta: a tumba intacta de uma rainha da quinta dinastia dos faraós, e o acampamento dos exploradores é saqueado no meio da noite, um dos objetos exóticos encontrados no sarcófago, um medalhão metálico em formato de escaravelho é colocado à venda em uma das tendas no famoso mercado Khan el Khalili, em Cairo. Este misterioso objeto acaba capturando a atenção de um jovem viajante que passa férias na cidade: Nicolas Hayes. Ele e seus amigos, em uma sucessão de coincidências faz com que se deparam com a figura fantasmagórica de Camthalion um alienígena vindo do planeta Methária, ele é o defensor do portal que liga o planeta Terra com o chamado "Mundo Perdido": uma dimensão alternativa onde, há milhares de anos, encontra-se presa uma raça de alienígenas predadores, os Maldekianos. Nick reabriu os sete portais que comunicam a terra à dimensão paralela onde os Maldekianos estão aprisionados. Agora é seu dever fechar um a um com a ajuda de Camthalhion e seus amigos antes que os Maldekianos acabem com a Terra.
Ler mais

Sobre o autor

Marianne Santiago nasceu em 1986, em Fortaleza, Ceará, e hoje vive em São Paulo, onde concilia uma carreira no setor público com a paixão pela escrita. O Escaravelho dos Deuses – Lugares Malditos é o seu livro de estreia e surge após anos de experiência da autora na criação de fanfictions baseadas no universo de Harry Potter. A paixão pela leitura surgiu ainda na infância quando se aventurou pelos exemplares de Agatha Christie da estante dos pais: Os Crimes ABC, Assassinato no Expresso do Oriente e Convite para um homicídio foram os primeiros de muitos que viria a ler de Christie. Já na adolescência tornou-se leitora assídua de nomes como Jane Austen, Gabriel García Marquez, George Orwell, J.D. Salinger, Milan Kundera, Nick Hornby, Stephen King e Chuck Palahniuk, mas foram os livros da série Harry Potter que a fascinaram e a incentivaram a começar a escrever.
Ler mais

Reviews

Carregando...

Outras informações

Publisher
Editora Moinhos (Camila Araujo da Silva MEI)
Ler mais
Published on
3 de out de 2016
Ler mais
Pages
274
Ler mais
ISBN
9788592579104
Ler mais
Language
português (Portugal)
Ler mais
Genres
Juvenile Fiction / Animals / General
Ler mais
Content Protection
This content is DRM protected.
Ler mais
Read Aloud
Available on Android devices
Ler mais
Qualificado para a Biblioteca da família

Informações de leitura

Smartphones e tablets

Instale o app Google Play Livros para Android e iPad/iPhone. Ele sincroniza automaticamente com sua conta e permite ler on-line ou off-line, o que você preferir.

Laptops e computadores

Você pode ler livros comprados no Google Play usando o navegador da Web de seu computador.

eReaders e outros dispositivos

Para ler em dispositivos e-ink como o e-Reader da Sony ou o Barnes & Noble Nook, você precisará fazer o download e a transferência de um arquivo para o dispositivo. Siga as instruções detalhadas da Central de Ajuda para enviar os arquivos aos e-Readers compatíveis.
Noah Gordon
Depois de alcançar enorme êxito com romances históricos como O físico, O xamã e O último judeu, o renomado escritor norte-americano Noah Gordon estreia na literatura infantil com Sam e outros contos de animais. Em sua primeira obra para crianças, ele conjuga qualidade artística e valores humanos ao falar sobre beleza, sinceridade e sutileza da relação que as crianças mantêm com os animais. São cinco contos repletos de sensibilidade, onde tartarugas, pássaros, raposas e vaga-lumes ensinam um pouco mais sobre a fauna silvestre e guiam meninos e meninas pelos ricos caminhos do mundo da literatura. Ao final de cada história a criança encontrará uma ficha com dados sobre os animais citados. Noah Gordon viveu 18 anos em uma fazenda no oeste de Massachusetts e foi nessa época que tomou gosto por animais silvestres. Sempre incentivou seus filhos a terem animais de estimação e a viverem ao ar livre. Noah nomeou os personagens de todos os contos com o nome dos seus netos. Ele conta que escreveu o livro por se preocupar com o futuro dos animais. "Quanto mais as pessoas constroem casas, lojas e fábricas, menor é o espaço que os bichos silvestres têm para viver e menor é o número de pessoas que conseguem respeitá-los. Eu gostaria que as crianças soubessem o quanto eles são fascinantes, admiráveis e muito diferentes dos empalhados, dos animais de estimação e daqueles que se pode ver nos zoológicos", finaliza. Com as mágicas ilustrações de Leandro Flores e o suave texto de Noah Gordon, Sam e outros contos de animais é uma obra digna de ser guardada por várias gerações como um tesouro.
©2017 GoogleTermos de Serviço do sitePrivacidadeDesenvolvedoresArtistasSobre o Google
Ao comprar este item, você faz uma transação com o Google Payments e concorda com os Termos de Serviço e o Aviso de privacidade do Google Payments.