Boletim de Estudos Clássicos nº62

Imprensa da Universidade de Coimbra / Coimbra University Press

 Apresentamos aos nossos leitores, a comunidade de profissionais, professores, investigadores, estudantes, e também, sempre e sobretudo, amadores, no sentido etimológico do termo, dos Estudos Clássicos considerados no sentido lato, ou seja, enquanto área de investigação e ensino de línguas e literaturas, história, filosofia, arte, estudos de receção, o volume 62 do Boletim de Estudos Clássicos, correspondente ao ano de 2017. O caminho percorrido pelo BEC é longo, e, nos últimos anos, de alguma transformação: maior exigência nos critérios formais de edição, conformáveis, progressivamente, com os requisitos da edição académica com os critérios de qualidade definidos pela Imprensa da Universidade de Coimbra e pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra; a assunção, claramente deliberada e expressamente declarada, dos propósitos distintivos do perfil desta publicação: O BEC não pretende ser mais uma revista académica dedicada aos Estudos Clássicos, entre os excelentes exemplos títulos como a Ágora (Universidade de Aveiro), a Euphrosyne (Universidade de Lisboa), a Humanitas (Universidade de Coimbra), a Mathesis (Universidade Católica de Viseu) publicadas em Portugal, que cumprem o propósito de apresentação da investigação de ponta internacional em Estudos Clássicos, nas áreas científicas claramente definidas. O BEC pretende colocar, como primeira missão, o serviço à divulgação dos Estudos Clássicos como espaço de ensino, de pedagogia, de didática no espaço lusófono: isto é, pretende ser um espaço de exploração dos modos de transformar a riqueza e complexidade do legado antigo, às vezes transmutado e indireto pelas receções no mundo contemporâneo, em forças vivas de comunicação cultural e humanista. Sempre vivente, o legado infindo dos Estudos Clássicos renova-se nas salas de aulas, em novas experiências de pedagogia no ensino básico, secundário e superior, em novas abordagens e cruzamentos com outras artes, eformas de expressão humanas, nas primeiras experiências de escrita académica dos jovens investigadores. Nesta edição, será notado que encorpámos o espaço reservado às Notícias, secção que mede o pulsar vivo dos que se dedicam, na extensão à comunidade, à promoção e divulgação dos Estudos Clássicos. Pela primeira vez, também, incluímos uma notícia relativa às teses de segundo e terceiro ciclo defendidas em Portugal, pertinentes para a área dos Estudos Clássicos. Sempre vivos. Sempre ativos. Sempre esperançosos. Sempre resistentes: com curtos e largos passos, não deixemos que a chama viva dos Estudos Clássicos se obnubile na nossa comunidade de língua portuguesa. A chama está lá, nunca se apagou! Dêmo-la a conhecer, partilhemo-la, conversemos uns com os outros, falemos dela, quando tudo à volta parece ceder ao juízo da sua invisibilidade.


Read more
Loading...

Additional Information

Publisher
Imprensa da Universidade de Coimbra / Coimbra University Press
Read more
Published on
Dec 18, 2017
Read more
Pages
198
Read more
Read more
Best For
Read more
Language
Portuguese
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.