Metáforas do Tempo: a grande noite

e-galáxia
1
Free sample

Talvez a vida seja curta ou longa demais; e sua linearidade fria comece a se confundir, daí onde era metal e pedra, surge, raízes, ramos e bulbos. Das certezas ao vácuo. Assim se reconfigura aquilo que chamamos de realidade e se reconfigura, formando uma nova teia de sentido. De repente, o que tanto prezávamos se esvai e o sentimento de perda se conforta ao nosso lado. Qual a novidade? A obra de Pedro da Mota Pereira, "Metáforas do tempo: a grande noite", está prenhe dessas questões, porém não pretende respondê-las. Por vezes as amplificam até torná-las insuportáveis. Cumpre assim um dos destinos da arte: ir contra a reificação humana. Num de seus poemas, o autor nos oferece um olhar privilegiado sobre trabalhadores de um porto qualquer, congela o tempo, e vemos gotas d'agua evaporando (em suas palavras: ...se esvaindo). Imediatamente retornamos desta perspectiva de olhar onisciente e caímos... (como o tombo do anjo divino?), sobre nossa própria vida. O eu lírico, assim nos convida a nos dar outra chance. Dotado de humanismo marcante, "Metáforas do tempo: a grande noite", é orgânico – ainda que digital – e tem grandes requisitos para se tornar livro de cabeceira de seus leitores.
Read more
Collapse
5.0
1 total
Loading...

Additional Information

Publisher
e-galáxia
Read more
Collapse
Published on
Aug 13, 2015
Read more
Collapse
Pages
52
Read more
Collapse
ISBN
9788584740598
Read more
Collapse
Read more
Collapse
Read more
Collapse
Language
Portuguese
Read more
Collapse
Genres
Poetry / General
Read more
Collapse
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Collapse
Read Aloud
Available on Android devices
Read more
Collapse
Eligible for Family Library

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Perfeita e bonita formatação, navegação funcional entre as partes da obra, ilustrado. Formato Epub3.


* Lançamento da 1. Edição Junho/2015


- Texto revisado e conforme novo acordo ortográfico de 2009. 

- Inclui biografia ilustrada do autor, com análises e críticas por contemporâneos 


Esta é a coletânea definitiva de poesias de Machado de Assis, além de trazer suas conhecidas coletâneas, traz ainda a coletânea exclusiva da LL Library "Poesias Avulsos" que reúne todos os poemas de Machado que foram publicados em jornais e periódicos diversos nunca antes reunidos em um único volume. Segue abaixo a lista das coletâneas e seus poemas: 


CRISÁLIDAS (1864) 

* MUSA CONSOLATRIX 

* VISIO 

* QUINZE ANOS 

* STELLA 

* EPITÁFIO DO MÉXICO 

* POLÔNIA 

* ERRO 

* ELEGIA 

* SINHÁ 

* HORAS VIVAS 

* VERSOS A CORINA 

* ÚLTIMA FOLHA 

* LÚCIA 

* O DILÚVIO 

* FÉ 

* A CARIDADE 

* A JOVEM CATIVA 

* NO LIMIAR 

* ASPIRAÇÃO 

* CLEÓPATRA - Canto de um escravo 

* OS ARLEQUINS 

* AS ONDINAS - (Noturno de H. Heine) 

* MARIA DUPLESSIS 

* AS ROSAS 

* OS DOIS HORIZONTES 

* MONTE ALVERNE 

* AS VENTOINHAS 

* ALPUJARRA 

* EMBIRRAÇÃO 

* POSFÁCIO - CARTA AO DR. CAETANO FILGUEIRAS 


FALENAS (1870) 

* FLOR DA MOCIDADE 

* QUANDO ELA FALA 

* MANHÃ DE INVERNO 

* LA MARCHESA DE MIRAMAR 

* SOMBRAS 

* ITE, MISSA EST 

* RUÍNAS 

* MUSA DOS OLHOS VERDES 

* NOIVADO 

* A ELVIRA 

* LÁGRIMAS DE CERA 

* LIVROS E FLORES 

* PÁSSAROS 

* O VERME 

* UN VIEUX PAYS 

* LUZ ENTRE SOMBRAS 

* LIRA CHINESA 

* UMA ODE DE ANACREONTE 

* PÁLIDA ELVIRA 

* PRELÚDIO 

* VISÃO 

* MENINA E MOÇA 

* NO ESPAÇO 

* OS DEUSES DA GRÉCIA 

* CEGONHAS E RODOVALHOS 

* A UM LEGISTA 

* ESTÂNCIAS A EMA 

* A MORTE DE OFÉLIA 



AMERICANAS (1875) 

* POTIRA 

* NIÂNI (HISTÓRIA GUAICURU) 

* A CRISTÃ-NOVA 

* JOSÉ BONIFÁCIO 

* A VISÃO DE JACIÚCA 

* A GONÇALVES DIAS 

* OS SEMEADORES 

* A FLOR DO EMBIRUÇU 

* LUA NOVA 

* SABINA 

* ÚLTIMA JORNADA 

* OS ORIZES (FRAGMENTO) 

* CANTIGA DO ROSTO BRANCO 


GAZETA DE HOLANDA (1886) 

* Ao todo são 48 poesias, numeradas e classificadas conforme data de publicação na "Gazeta de Notícias". 


OCIDENTAIS (1901) 

* O DESFECHO 

* CÍRCULO VICIOSO 

* UMA CRIATURA 

* A ARTUR DE OLIVEIRA, ENFERMO 

* MUNDO INTERIOR 

* O CORVO 

* PERGUNTAS SEM RESPOSTA 

* TO BE OR NOT TO BE 

* LINDÓIA 

* SUAVE MARI MAGNO 

* A MOSCA AZUL 

* ANTONIO JOSÉ 

* ESPINOSA 

* GONÇALVES CRESPO 

* ALENCAR 

* CAMÕES 

* JOSÉ DE ANCHIETA 

* SONETO DE NATAL 

* OS ANIMAIS ISCADOS DA PESTE 

* DANTE 

* A FELÍCIO DOS SANTOS 

* MARIA 

* A UMA SENHORA QUE ME PEDIU VERSOS 

* CLÓDIA 

* NO ALTO 


O ALMADA (1910) 


POESIAS AVULSAS (1855-1939) 

+ 109 poemas.

(Lista de poemas: http://www.amazon.com.br/Poesias-Avulsas-Ilustrado-Biografia-%C3%8Dndice-ebook/dp/B00KMJAUI6)



*** Conheça a Série "Obras Completas de Machado de Assis":

* Romances de Machado de Assis - Obras Completas [Ilustrado, Notas, Biografia com Análises e Críticas, Resumos e Estudos de Cada Obra] - Dom Casmurro, Brás Cubas, Quincas Borba e outros - Vol. I

* Contos de Machado de Assis - Obras Completas [Ilustrado, Notas, Biografia com Análises e Críticas] - Vol. II 

* Poesias de Machado de Assis - Obras Completas  [Ilustrado, Notas, Biografia com Análises e Críticas] - Vol. III 

* Crônicas de Machado de Assis - Obras Completas  [Ilustrado, Notas, Biografia com Análises e Críticas] - Vol. IV 

* Teatro de Machado de Assis - Obras Completas  [Ilustrado, Notas, Biografia com Análises e Críticas] - Vol. V 

* Críticas de Machado de Assis - Obras Completas  [Ilustrado, Notas, Biografia com Análises e Críticas] - Vol. VI 

* Textos Dispersos de Machado de Assis - Obras Completas [Ilustrado, Notas, Biografia com Análises e Críticas] - Vol. VII

O amor é uma das manifestações mais genuinamente humanas: é sentimento (na figura da sensação provocada pelo ser amado) como também pensamento (resultante da compreensão do indivíduo acerca de seu próprio estado amoroso). O amor, inicialmente único, paradoxal, completo, hermético e sem qualquer importância para os outros, por meio da poesia, expõe seus contornos mais belos (e, por que não, trágicos?) permitindo aos leitores experimentarem a identificação com o escritor: desse modo, a poesia se transforma numa genuína ponte de comunicação entre os seres humanos. Nesse livro, explora-se o liminar entre o êxtase de amar e a dor do amor não concretizado. Afinal, a poesia é exteriorização de um desejo, sua realização sublimada: as palavras impronunciáveis que se remodelam na forma de arte. A obra é composta por 60 poemas escritos entre 2010 e 2012, que versam sobre o amor e seus desdobramentos mais imediatos como solidão, dor, felicidade e arrebatamento. Em diversas ocasiões, remete-se à mitologia grega, estabelecendo paralelos e releituras entre deuses e o ser amante, divinamente amaldiçoado. Referências diversas, de óperas a esculturas, permitem estabelecer diálogos com outras manifestações artísticas. E, não menos importante, trabalha-se com as múltiplas interpretações que podem surgir do uso da língua para racionalizar o sentimento amoroso. Dessa forma, essa coletânea de poesias procura explorar a universalidade do amor, permitindo que o leitor possa reconhecer nos versos, o reflexo da sua própria concepção e experiência amorosa.
©2019 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.