Capitalismo e socialismo não existem: Inumanidade

Buqui Livros Digitais
Free sample

"O que me motiva é enviar uma mensagem, principalmente, à juventude, no intuito de que leiam bastante e aprendam que ninguém deve pautar a nossa vida e interferir na liberdade individual e coletiva, seja de expressão ou nas ações práticas da nossa individualidade e da sociedade. Não é recomendável que busquem as soluções lá fora de nós porque elas já existem e estão guardadas no nosso ser mais profundo esperando o resgate. Elas estão no domínio da mente (quarta dimensão). Estão no nosso inconsciente atemporal que envia senhas insistentemente para nosso ser consciente e egocêntrico que resiste em aceitá-las, porque está no presente.  

Mesmo que digam que suas intenções são as melhores possíveis, que visem o bem da sociedade, não se deixem enganar por palavras bonitas, de olhares penetrantes que querem sugar nossa humanidade." 

Read more

About the author

 

Read more
Loading...

Additional Information

Publisher
Buqui Livros Digitais
Read more
Published on
Jul 28, 2017
Read more
Pages
78
Read more
ISBN
9788583383659
Read more
Language
Portuguese
Read more
Genres
Business & Economics / Corporate Finance / Venture Capital
Political Science / Political Ideologies / Nationalism & Patriotism
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Read Aloud
Available on Android devices
Read more

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Diz-se que no século 20 em um país do Leste Europeu, em pleno comunismo, ocorreu uma mudança significativa nas mentes dirigentes que as fizeram tomar atitudes de cunho, pode-se dizer, pragmático ou de premência realista, que contrariavam suas convicções anteriores, demonstrando assim bom senso. As fazendas eram coletivas e nestas trabalhavam pessoas que eram assalariadas pelo governo. Quando vinham as intempéries e nevascas do inverno as cabeças de gado morriam atoladas na neve. Enquanto isso os trabalhadores ficavam abrigados nos prédios, jogando cartas e bebendo vodca, não se arriscando no resgate do gado. Para que se preocupar se o seu ganho já estava garantido no fim do mês? O que não se justifica porque boa parte da humanidade ganha fixo e garantido no fim do mês e cumpre suas obrigações de maneira correta. Surpreendentemente o governo "socialista" privatizou as pequenas e médias propriedades, transferindo a responsabilidade de sua administração para os criadores de rebanhos, fazendo arder nos seus bolsos os prejuízos decorrentes de atitudes não condizentes com as finalidades da atividade. A partir desta mudança as cabeças de gado começaram a ser resgatadas. Mesmo supondo que este fato narrado acima não ocorreu, pode-se utilizá-lo como uma parábola, para que as pessoas que sonham muito continuem sonhando que o ser humano é o que ele não é, porque precisa evoluir através de estímulos fornecidos pelas leis da existência (semear e colher) e não por políticas sociais criadas por mentes inumanas e ideologizadas que não querem ou têm dificuldade de encarar os fatos como eles são e não por versões distorcidas da realidade.
©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.