O pai da menina morta

Editora Todavia S.A
1
Free sample

Estreia de uma das mais novas e marcantes vozes da literatura brasileira, este é um romance comovente e aterrador. O que acontece quando uma menina de oito anos, inteligente e amorosa, morre subitamente? O romance de Tiago Ferro tenta compreender os ecos dessa devastação na vida do pai. Gestado a partir de uma tragédia vivenciada pelo autor em 2016, o livro não se restringe ao inventário doloroso dessa perda indizível, mas discute temas como memória, sexualidade, humor, confissão e fabulação. Um livro comovente e aterrador.
Read more

About the author

Tiago Ferro nasceu em São Paulo em 1976. Editor e escritor, é um dos fundadores da e-galáxia e da revista Peixe-Elétrico.
Read more
4.0
1 total
Loading...

Additional Information

Publisher
Editora Todavia S.A
Read more
Published on
Mar 6, 2018
Read more
Pages
176
Read more
ISBN
9788593828515
Read more
Language
Portuguese
Read more
Genres
Fiction / Biographical
Fiction / Romance / Contemporary
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Read Aloud
Available on Android devices
Read more
Eligible for Family Library

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Nesta edição de Peixe-elétrico: Dossiê Terror Três ensaios abrem a Peixe-elétrico #04 formando um complexo mosaico sobre um tema central deste início de século XXI: o terrorismo. Radicado na França, especialista na obra de Guy Debord, GABRIEL FERREIRA ZACARIAS aborda o chamado terrorismo islâmico a partir de problemas específicos da contemporaneidade ocidental, e não mais da geopolítica, da religião islâmica ou mesmo da ideia de choque de civilizações. A islamofobia nos EUA é o tema do ensaio de DEEPA KUMAR. A autora encontra o tipo de fala preconceituosa que alimenta esse perigoso fenômeno não só em Donald Trump, mas também nos discursos do presidente Obama. O ensaio é fruto da parceria da Peixe-elétrico com a norte-americana Jacobin. E fechando o Dossiê Terror, TIAGO FERRO resenha o Pequeno tratado da intolerância, de Charb, ex-diretor do Charlie Hebdo, morto nos ataques de 2015. Cinema e literatura: a estrutura do enredo – UMBERTO ECO Com o seu costumeiro brilhantismo, Eco compara a forma do romance com a do cinema. Para isso faz uma viagem pelos textos de Robbe-Grillet e filmes como O ano passado em Marienbad, O encouraçado Potemkin e O bandido Giuliano. Contra o realismo histórico – HAYDEN WHITE O historiador Hayden White faz uma leitura a contrapelo do romance clássico de Tolstói – Guerra e Paz – e encontra ali indícios de toda uma teoria pós-moderna da história. A tradução é assinada por DENISE BOTTMANN. Na mira da teoria – BORIS GROYS Em ensaio profundo e provocante, o crítico de arte Boris Groys procura os pontos frágeis e problemáticos da relação entre teoria e arte contemporânea. A poética dos vivos – BEATRIZ RESENDE Ao se indagar sobre o que poderia ser uma poética dos vivos, a crítica Beatriz Resende refaz o fascinante trajeto de Paul Valéry como professor no Collège de France. No caminho de Gafi – RONALD POLITO O poeta e crítico Ronald Polito apresenta em detalhes a obra e a trajetória do jovem artista plástico paulista Guilherme Augusto, o Gafi. Itinerários flutuantes – PRISCILLA CAMPOS A resenha do livro Memórias de um empregado, de Federigo Tozzi, é assinada pela crítica Priscilla Campos que, ao analisar este relato curto em forma de diário, encontra o sujeito neurótico da modernidade e diversos de seus impasses. Traço, humor e fúria – ZUCA SARDAN O vate carioca Zuca Sardan criou exclusivamente para a Peixe-elétrico as imagens que ilustram esta edição. Os arquivos da ditadura – LUCAS FIGUEIREDO Peixe-elétrico entrevistou Lucas Figueiredo, autor de Lugar nenhum – militares e civis na ocultação dos documentos da ditadura.
Em plena festa de réveillon, Pedro Salvatore é surpreendido por uma chamada urgente do hospital. Um casal de amigos havia sofrido um grave acidente de carro. Durante os dias de agonia que precederam as mortes, a mulher teve forças apenas para instituí-lo como tutor de sua filha de 17 anos, Beatriz Eva. Aos 32 anos, Pedro é um homem marcante, consciente de suas virtudes, porém preso a medos que o tornaram solitário e atormentado por pensamentos compulsivos. Agora, ele terá de enfrentar um grande desafio: se encarregar da educação de uma adolescente com amnésia e que o seduz a todo o momento. Bya se apaixonou por Pedro desde o primeiro instante em que abriu os olhos e viu aquele homem alto e de olhar penetrante ao lado de seu leito hospitalar, velando seu sono. Ela ignora o passado dele, mas sabe que sua vida será dedicada a conquistar a afeição daquele que se tornaria seu tutor. Dois corações maltratados pelo destino. Duas almas que se encontram na tragédia. Dois corpos que clamam por saciar um desejo cada vez mais irresistível. Até que ponto Pedro seria capaz de parar de racionalizar e se entregar a um amor verdadeiro, aquele que finalmente daria sentido à sua existência? Com enredo envolvente, personagens fortes e temas polêmicos, em Tutor, Sue Hecker constrói uma trama de amor, sexo, humor, doçura e, principalmente, superação. Uma leitura de prender a atenção, que já conquistou milhares de fãs na internet e que consagrou a autora como uma das principais vozes do romance nacional contemporâneo.
©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.