O Sonho Brasileiro

Editora Copacabana
21
Free sample

A biografia de Rolim Amaro, de aventureiro no desbravamento da Amazônia a criador da TAM, maior companhia aérea do Brasil
Read more
Collapse

About the author

 O menino pobre que foi caminhoneiro, vendedor de bebidas, mecânico, dormiu embrulhado em jornais e viveu de restos de comida não se tornou apenas o piloto que sonhava. De aventureiro que arriscava o pescoço nos voos do desbravamento da Amazônia, Rolim se tornou um empresário que imprimiu sua marca não só no setor da aviação como no mundo dos negócios. Exemplo num tempo em que o Brasil apenas começava a ganhar com a competitividade e a preocupação com o cliente, sua história é uma parábola de aventura, paixão e sucesso.

Read more
Collapse
4.7
21 total
Loading...

Additional Information

Publisher
Editora Copacabana
Read more
Collapse
Published on
Sep 4, 2014
Read more
Collapse
Pages
556
Read more
Collapse
ISBN
9788565397544
Read more
Collapse
Read more
Collapse
Read more
Collapse
Language
Portuguese
Read more
Collapse
Genres
Biography & Autobiography / Business
Read more
Collapse
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Collapse
Read Aloud
Available on Android devices
Read more
Collapse

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
A partir da história de Iusfen e sua família de imigrantes italianos, pilar da riqueza e da derrocada no sertão brasileiro, surge um épico painel da colonização no período do café, fundação violenta e passional do Brasil contemporâneo.


Ainda criança, Iusfen ouve a profecia de uma velha cigana espanhola. A bruxa afirma que ele será o último de sua linhagem, uma família que não deixará descendentes. Magia, lenda e realidade caminham juntas pela ótica do personagem, narrador da história épica de seu pai, Mauro, italiano que foge de uma miséria ultrajante na Itália, no final do século 19, para fundear seu clã no perigoso e desconhecido sertão brasileiro. Uma mudança radical para seus nove filhos, também protagonistas da saga da imigração italiana no Brasil, a terra prometida para os colonizadores do café.

Nesta saga, Guilherme é o advogado fora do lugar num mundo sem lei, idealista romântico que perde para o irmão o amor de sua vida, Luisa, por força de um acordo entre clãs. Seu rival é Geraldo, o engenheiro perseguido pelo vento, a ameaçar sua obra e a felicidade duramente construída. Mariana é a donzela que entra para o convento para fugir aos homens que enlouquece com sua beleza. Argia e Alzira, as jovens irmãs que decidem matar o capataz que as assedia no cafezal. Angelim, o jovem engenhoso que captura um assassino míope.

Depois do auge e da derrocada, a verdade sobre a profecia da cigana espanhol, reservada para o final, é uma metáfora do tempo, com o sabor do realismo fantástico latino americano, na sua vertente brasileira, com força universal.

''Envolve o leitor, que quando percebe só quer saber de chegar ao fim do livro e descobrir o destino dos heróis que o cativaram.''
Carlos Graieb, Revista Veja

''É raro encontrar um livro com uma narrativa tão apaixonante. Francamente, fiquei com inveja do Thales por escrever tão bem. Valeu! Filhos da Terra é para se mergulhar de cabeça.''
Walcyr Carrasco, dramaturgo da TV Globo

''Guaracy faz a união entre as duas grandes linhagens da literatura brasileira ? a urbano-intimista, mais voltada a dramas psicológicos, e a regional-épica, mais voltada a conflitos sociais. Narra uma história rural, em que a natureza tem forte presença, mas não se rende ao fatalismo dessa vertente. Busca a nuance psíquica, encena os atritos burgueses, dá voz ao individualismo e seus caprichos.''
Daniel Piza, O Estado de S. Paulo

''Uma narrativa mágica.''
Carlos Nascimento, Diário Popular

A odisseia de um jovem rebelde pelo Brasil cheio de conflitos dos anos 1920 para resgatar o amor paterno, o amor de infância e encontrar a paz interior.

Entre os conflitos do Brasil dos anos 1920, marcado por revoltas militares, o movimento conhecido como Tenentismo produziu uma das mais extraordinárias jornadas da humanidade: a Marcha da Coluna Prestes, liderada por Luis Carlos Prestes, que percorreu 9.000 quilômetros no sertão brasileiro, desafiando o governo central e buscando, por meio de seu périplo heroico, levantar todo o país para derrubá-lo. 

Atrás de Prestes, levado pelo destino às fileiras hesitantes das tropas federais, segue o jovem sargento Coracy, personagem atormentado pelas circunstâncias que o carregam sempre mais longe de casa, onde o irmão postiço quer lhe tomar a herança paterna, a posição e seu amor de infância, Eugênia. 

Em sua caminhada não menos épica, em que o combate é a última das prioridades, Coracy cruza com personagens lendários da história brasileira, como o Marechal Rondon, célebre defensor dos índios e desbravador do sertão, o sanguinário cangaceiro Lampião e, ao cabo, o próprio herói que todos admiram, a quem lhe é dado pelo acaso a oportunidade indesejável de prender: Prestes. O desenlace do encontro entre o herói famoso e o outro anônimo é o clímax dessa viagem por um país desconhecido, fronteira entre o sublime e o picaresco, onde Coracy terá a oportunidade de encontrar o verdadeiro sentido do heroísmo, antes de voltar para casa e resgatar o seu amor, no momento em que a vida de Eugênia se encontra ameaçada.


''“Thales Guaracy é um bem-sucedido jornalista que eu conheço desde os anos 1980, quando ele era um jovem repórter talentoso e insolente. Anos depois, continua parecido consigo mesmo. Propõe-se a ressuscitar um período histórico turbulento e consegue. É o talento. E não hesita em colocar no centro da história brasileira um avô que até no nome se parece com ele. É a insolência – e funciona.''

Ivan Martins, revista Época

''Um passeio romântico pela História do Brasil.''

O Estado de S. Paulo

©2019 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google|Location: United StatesLanguage: English (United States)
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.