A educação para além do capital

Boitempo Editorial
6
Free sample

Inclui o apêndice: "Educação: o desenvolvimento contínuo da consciência socialista". Mészáros discute como pensar a sociedade tendo como parâmetro o ser humano. Exige a superação da lógica desumanizadora do capital, que tem no individualismo, no lucro e na competição os seus fundamentos. Sustenta que a educação deve ser sempre continuada, permanente, ou não é educação. Defende a existência de práticas educacionais que permitam aos educadores e alunos trabalharem as mudanças necessárias para a construção de uma sociedade na qual o capital não explore mais o tempo de lazer, pois o que as classes dominantes impõem é uma educação para o trabalho alienante, com o objetivo de manter o homem dominado. Já a educação libertadora teria como função transformar o trabalhador em um agente político, que pensa, age, e usa a palavra como arma para transformar a realidade. Pensando na construção da ruptura com a lógica do capital, Mészáros reflete nas páginas deste livro sobre algumas questões essenciais: Qual o papel da educação na construção de um outro mundo possível? Como construir uma educação cuja principal referência seja o ser humano? Como se constitui uma educação que realize as transformações políticas, econômicas, culturais e sociais necessárias? Os direitos autorais desta, e de toda a obra de Mészáros no Brasil, foram doados para o Movimentos dos Trabalhadores Sem Terra, o MST.
Read more

Reviews

4.7
6 total
Loading...

Additional Information

Publisher
Boitempo Editorial
Read more
Published on
Oct 23, 2015
Read more
Pages
125
Read more
ISBN
9788575592083
Read more
Read more
Best For
Read more
Language
Portuguese (Portugal)
Read more
Genres
Social Science / Sociology / General
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Ashley Bush
“A chave para um casamento feliz é a qualidade dos hábitos que vocês compartilham. Hábitos saudáveis e positivos criam um relacionamento extraordinariamente harmonioso. Hábitos negativos geram insatisfação crônica. A boa notícia é que os hábitos saudáveis podem ser aprendidos.” – Ashley Bush O cotidiano atribulado e as pequenas tensões do dia a dia podem acabar afetando a harmonia do casamento, deixando homens e mulheres se sentindo frustrados e desconectados do parceiro. Neste livro, os psicoterapeutas Ashley e Daniel Bush apresentam os hábitos que o casal deve desenvolver para resgatar a intimidade, redescobrir o carinho e melhorar a comunicação. Por meio de ações simples e positivas, é possível recuperar a alegria e proteger a relação dos inevitáveis conflitos da vida a dois. Ao colocar essas atitudes em prática, você e seu companheiro terão a chance de deixar de lado momentaneamente as demandas familiares, profissionais e financeiras e se concentrar no que há de mais importante: o amor que os uniu. Repleto de conselhos práticos e histórias comuns à maioria dos casais, 75 hábitos dos casais felizes traz ensinamentos como: • Forme novas conexões – Ao experimentar coisas novas, vocês quebram a monotonia da relação e aprofundam a sensação de cumplicidade. • Veja o copo meio cheio – Em vez de concentrar-se nas atitudes irritantes do outro, mantenha-se focado no que ele faz de bom por você. • Liberte-se das mágoas – Com um rápido exercício de respiração, livre-se da tristeza e dos ressentimentos ligados ao passado. • Toque no parceiro quando ele não estiver esperando – Acariciar o outro estimula a oxitocina, conhecida como o hormônio do amor. • Ouça com atenção as reclamações do outro – Em vez de se defender ou atacar, tente compreender o que ele quer dizer.
Antonio Negri
Antonio Negri tem tentado reinventar a política, sobretudo a prática das esquerdas, introduzindo e repaginando uma série de conceitos. Não por acaso, este livro, editado por Adrián Cangi e Ariel Pennisi, vem de uma obra compilada na Argentina: a escuta que Negri encontra na América Latina é particularmente grande. Temos muito a dialogar com sua obra. A crise (endêmica) econômica, misturada à crise da representação política, tem provocado uma nova onda de ocupações do espaço público na América Latina e pelo mundo afora. O Estado, como agente do capital financeiro, tem tido dificuldades em enfrentar essas novas ondas que emanam do que Negri, com Spinoza, chama de manifestações da "multidão". Essa categoria política não tem nada a ver com a de "massas", que esteve, no século XX, no centro dos fascismos. Para Negri, na era do biopoder, encarnado no que ele denomina de biocapitalismo, deve-se inventar a biopolítica. As lutas operárias obrigaram o capital a se deslocar cada vez mais para a administração da vida, da saúde, da educação, da velhice, consolidando o Estado/assistente (também em vias de dissolução...). Mas existe uma reserva de resistência que se manifesta na construção da multidão, não como sujeito político tradicional, mas como fonte de articulação de desejos represados, de demandas de minorias e de diversos grupos díspares, mas unidos na ocupação e construção de um espaço de resistência, do comum, como instância de ruptura e de emancipação. Negri descarta a ideia de construção de uma sociedade pós-histórica, final: ele sabe que a força da multidão vive de suas divisões e conflitos. Com Spinoza, ele afirma a democracia como um espaço de embates, de tensões e não de uma artificial e violenta imposição da ordem.
©2018 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.