Golden Gate Um quase diário de guerra

Leya
1
Free sample

Cartas de José Niza escritas durante a guerra em Angola (1968-1971) à sua mulher: «A única coisa que é verdade, é a realidade. Tudo isto que aqui está é a verdade de uma situação datada e marcada pelas "fotografias" de uma guerra real, que aconteceu durante 13 anos.»
Read more

Reviews

1.0
1 total
Loading...

Additional Information

Publisher
Leya
Read more
Published on
Sep 11, 2012
Read more
Pages
142
Read more
ISBN
9789722050982
Read more
Language
Portuguese (Portugal)
Read more
Genres
Biography & Autobiography / Military
Read more
Content Protection
This content is DRM protected.
Read more
Read Aloud
Available on Android devices
Read more
Eligible for Family Library

Reading information

Smartphones and Tablets

Install the Google Play Books app for Android and iPad/iPhone. It syncs automatically with your account and allows you to read online or offline wherever you are.

Laptops and Computers

You can read books purchased on Google Play using your computer's web browser.

eReaders and other devices

To read on e-ink devices like the Sony eReader or Barnes & Noble Nook, you'll need to download a file and transfer it to your device. Please follow the detailed Help center instructions to transfer the files to supported eReaders.
Thomas Harding
Um suspense emocionante, um crime indescritível, uma história essencial. John Le Carré Fascinante e comovente. Este é um livro notável que merece um grande número de leitores. The Sunday Times Escrito de forma admiravelmente contida, Hanns & Rudolf é um livro fascinante e chocante. The Washington Post Em Hanns & Rudolf, o jornalista britânico Thomas Harding apresenta um detalhado estudo sobre personagens-chave e pouco conhecidos da Segunda Guerra Mundial. O livro é a biografia cruzada de Hanns Alexander, judeu-alemão que liderou uma caçada aos nazistas a serviço do exército britânico, e Rudolf Höss, fazendeiro e soldado que se tornou o comandante-chefe de Auschwitz, o maior campo de extermínio de judeus durante o conflito. Sobrinho-neto do protagonista desta perseguição implacável, o jornalista inglês Thomas Harding só descobriu no funeral de Hanns Alexander, em 2006, o que o misterioso irmão de sua avó realizara durante a Segunda Guerra. Revendo a trajetória de sua família, em cartas, antigas gravações em fita e entrevistas com sobreviventes, Harding começou a reconstruir uma história de bravura e terror que marcara o século XX e opunha Hanns e Rudolf para além das representações tradicionais de herói e vilão. Entrelaçando a história de ambos, do início do século até o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, Thomas Harding envolve o leitor numa narrativa cheia de nuances e reviravoltas. A ascensão dos nazistas na Alemanha foi determinante nas vidas de Hanns e Rudolf. Para o primeiro, significou a traumática mudança de toda a família, devido à crescente perseguição aos judeus; para Rudolf Höss, os sucessivos triunfos de Hitler na Europa o colocavam como figura central nos planos do Partido Nazista.
Tarcísio Badaró
Finalista do 59o Jabuti na categoria Reportagem e Documentário Algumas histórias são tão boas e fascinantes que parecem fruto da mais pura imaginação. A história do garoto brasileiro que, morando em Berlim, na Alemanha dos pais, vai à padaria e se vê recrutado à força para servir ao exército nazista é daqueles enredos que te prendem de imediato. A partir de um pequeno diário caindo aos pedaços que lhe chegou às mãos por acaso, o jornalista Tarcísio Badaró escreveu uma história que reúne aventura, drama, relatos de guerra, anotações de viagem e sentimentos humanos variados. Horst Brenke, o nosso garoto em questão, deixou um registro cru e emocionante que jamais havia sido lido antes. Com ele, vamos direto ao cenário da Segunda Guerra Mundial em seus momentos finais, num mundo destroçado pela barbárie. Sua saga inclui a prisão nos famigerados campos russos, o trabalho escravo em condições perversas, a vida como indigente na Itália. Para nos contar essa história, Tarcísio Badaró fez um primoroso dever de casa: visitou arquivos alemães e russos, consultou historiadores e fontes diversas, leu tudo sobre a guerra e entrevistou a família brasileira e os amigos do personagem. E fez mais: foi à Europa e empreendeu o mesmo percurso anotado por Horst em seu diário, 71 anos antes, passando por cidades e lugarejos de nove países. O resultado é este livro poderoso, revelador do quanto o bom jornalismo ainda pode nos surpreender em contextos saturados de informação.
©2017 GoogleSite Terms of ServicePrivacyDevelopersArtistsAbout Google
By purchasing this item, you are transacting with Google Payments and agreeing to the Google Payments Terms of Service and Privacy Notice.